1.0 // FAMOSOS1.1 // EXCLUSIVO 

7 celebridades e 7 vestidos vermelhos

As estações do ano mudam, mas a necessidade de doadores de sangue nos Hemocentros em todo o país não. Com a chegada do outono, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo teve uma queda de 35% no número de doações voluntárias. Para sensibilizar a população e mudar este cenário, a campanha criada pela agência Y&R contou com a participação de sete personalidades, influencers dentro e fora da internet – Mariana Rios, Fernanda Souza, Thaila Ayala, Sabrina Sato, Vera Viel, Ana Paula Siebert e Fabiana Justus – que usaram um único vestido para fazer o alerta: uma única doação pode salvar aproximadamente sete pessoas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

De acordo com a Dra. Cárlei Heckert Godinho, responsável pelo Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, a queda nas doações de sangue está afetando de forma dramática o atendimento das urgências no Pronto Socorro, Centro Cirúrgico e os demais pacientes da instituição. “Necessitamos de doadores de sangue para suprir a demanda transfusional de adultos e crianças; além das urgências, atendemos pacientes clínicos e oncológicos”, acrescenta Dra. Cárlei. Segundo ela, uma única doação de sangue pode ajudar aproximadamente sete pessoas com diversas enfermidades e idades, uma vez que o sangue coletado é separado em diferentes hemocomponentes – concentrado de hemácias, plaquetas, plasma fresco congelado e crioprecipitado – que podem ser fracionados quando destinados a crianças.

A campanha publicitária teve início com as postagens das celebridades que, na mesma semana, usaram o mesmo vestido vermelho. O fato chamou a atenção de seus fãs e dos veículos de mídia. Ao final todas revelaram, em suas respectivas redes sociais, a causa nobre:  “Não foi por acaso. Nós 7 usamos o mesmo vestido pra chamar atenção pra uma coisa importante: uma mesma doação de sangue pode salvar aproximadamente 7 vidas. Faça sua parte. Doe sangue”.

De acordo com Rafael Pitanguy, vice-presidente de Criação da Y&R, o propósito da ação é justamente despertar a curiosidade das pessoas e gerar o debate sobre o tema, de uma forma inusitada. Para completar, o modelo do vestido revelado na campanha, criado exclusivamente pela Pop Up Store, será produzido em larga escala com 100% do lucro das vendas repassado para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

A criação da campanha é de Marina Erthal, Mariana Villela e Fábio Tedeschi, com direção de Criação de Victor Sant’Anna, Felipe Pavani e Rafael Pitanguy.

Fotos: Divulgação

saiba antes via instagram @amaisinfluente