1.0 // FAMOSOS4.0 // ENTRETENIMENTO 

Julio Kadetti reescreve Lili Carabina e comemora noite de estreia em São Paulo

O roteirista Julio Kadetti foi bastante ousado em readaptar a obra “Lili Carabina: Retrato de uma Obsessão”, escrita pelo gênio Aguinaldo Silva, dirigido por Daniel Lopes.

Viviane Araújo é a protagonista do espetáculo que estreou na última sexta-feira (11), no Teatro Jaraguá, em São Paulo. Definitivamente é preciso reconhecer o talento de Vivi que inteira no palco, com texto afiado e trabalho corporal ímpar, reencarnou a maior criminosa que a cidade do Rio de Janeiro teve e com louvor.

A estreia celebra também o início das comemorações de 40 anos de carreira do polêmico e inigualável Aguinaldo Silva.

Ao término do espetáculo, Júlio era pura emoção, que entre um abraço e outro, percebi uma lágrima aqui, outra ali e aquela sensação de que tinha acontecido o melhor. Bravo! Realmente foi incrível!

Além da classe artística, jornalistas e convidados o aplaudiram intensamente, e a bela  “Vivi”, desta vez mostrou que não entende apenas de samba no pé, mas revelou todo seu potencial  artístico e talento de sobra para viver muitos desafios nos palcos.

Lili já foi interpretada por Betty Faria em 1989, no filme “Lili, A Estrela do Crime”, dirigido por Lui Farias.

Sem dúvida alguma, é recomendação certa!

saiba antes via instagram @amaisinfluente