0.0 // GERAL 

Boate Kiss será demolida exatamente cinco anos depois da tragédia em Santa Maria

A prefeitura de Santa Maria, responsável por organizar a demolição do prédio da boate Kiss, informou que o procedimento só deve ocorrer depois de 27 de janeiro de 2018, quando a tragédia completa cinco anos. A previsão inicial do Executivo municipal era de que o processo estivesse concluído até essa data.

A nova decisão se deu após a prorrogação do prazo do financiamento coletivo, agora aberto até 25 de novembro. Na terça-feira (26), o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RS) anunciou as conclusões de um seminário realizado no início deste mês em Santa Maria. Ficou definido que o memorial será um espaço mais singelo do que o previsto inicialmente. A ideia, agora, é que a estrutura tenha o estilo de uma praça.

O valor estipulado para a arrecadação de recursos para o concurso do projeto foi reduzido. Anteriormente, a meta era de R$ 500 mil. Esse valor foi revisado para 300 mil reais — 150 mil para organizar o concurso e 150 mil para os projetos executivos e licenciamentos. O edital do concurso será lançado na primeira semana de dezembro. O vencedor será anunciado em 27 de janeiro de 2018. A contração da equipe ganhadora ficou para fevereiro de 2018.

Na vaquinha online, até o momento, foram arrecadados pouco mais de R$ 45 mil — cerca de um terço do necessário para tocar a elaboração do concurso.

Nesta quarta-feira (27), a tragédia completa quatro anos e oito meses. Para marcar a data, familiares de vítimas fazem vigília na tenda da Praça Saldanha Marinho, no centro da cidade, até as 18h, com momentos de oração, reflexão e canto.

Fonte: Zero Hora

Foto: Reprodução

saiba antes via instagram @amaisinfluente