0.0 // GERAL 

Rio de Janeiro tem mais um dia de operação contra traficantes, dessa vez no Morro do Macaco

Policiais militares, civis, federais e agentes das Forças Armadas realizam uma megaoperação no Morro dos Macacos, na região da Vila Isabel, na zona norte do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira, 6. A ação tenta prender criminosos ligados ao traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, da facção Amigo dos Amigos (ADA). O grupo, que domina o tráfico no Morro do Macacos, teria participado da invasão na Rocinha no mês passado.

Até as 10h30, onze criminosos haviam sido presos. São cumpridos 31 mandados de prisão desde o início do dia, com a participação de cerca de mil agentes.

O principal procurado é o traficante Leandro Nunes Botelho, conhecido como Scooby, considerado o chefe do tráfico na região. Ele tem envolvimento direto na invasão da Rocinha, no final de setembro, e estaria planejando uma nova ocupação da favela junto a outros traficantes, conforme a Polícia Civil.

Na madrugada, foi registrado um novo tiroteio na Rocinha, segundo relatos de moradores em redes sociais. Dois suspeitos teriam morrido.

Conforme comunicado da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), as Forças Armadas estão responsáveis pelo cerco da comunidade e baseadas em pontos estratégicos, enquanto as polícias atuam dentro da favela. Helicópteros controlam a operação do alto e a circulação de aviões na área está restrita.

“No Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, representantes de todas as instituições envolvidas na operação estão acompanhando e orientando, em tempo integral, os desdobramentos, desde as cinco horas da manhã”, segundo a nota divulgada pela secretaria.

Fonte: Estadão

Fotos: Reprodução

saiba antes via instagram @amaisinfluente