3.0 // MANUAL3.4 // SAÚDE 

Por causa de aplicativo contraceptivo, mulheres relatam gravidez indesejada

Na Suécia, 37 mulheres estão alegando que o aplicativo ‘contraceptivo’ Natural Cycles seja o ‘culpado’ por gravidez indesejada. Isso porque o aplicativo promete informar, medindo a temperatura corporal da usuária, quais dias são seguros ter atividade sexual sem proteção — a medição é ligada com o ciclo menstrual da mulher.

Além dos relatos das 37 mulheres, o hospital de Estocolmo (Södersjukhuset) está denunciando o aplicativo pelas gravidez indesejadas. Agora, o caso está sendo analisado pela Agência Sueca de Produtos Médicos.

A Natural Cycles comentou o caso: “Nenhuma contracepção é 100% segura e a gravidez indesejada é um risco infeliz com qualquer contracepção. Ter 37 casos de gravidez indesejada em 668 mulheres mencionadas no estudo do Södersjukhuset mostra que 5,5% das mulheres que usam o Natural Cycles tiveram uma gravidez indesejada. Isso tem similaridade com o que comunicamos sobre os riscos de uso típico, sendo até comparável com outros tipos de contracepção”

O app no Brasil pode ser baixado e vende seus planos em diversas categorias, com valores entre US$ 6,90 por mês ou US$ 49,99 por ano.

 

Fonte: Tecmundo

Foto: Reprodução

saiba antes via instagram @amaisinfluente