ÚLTIMAS NOTÍCIAS 

Protesto na Polônia: Milhares de mulheres vão às ruas para defender direito ao aborto

Ontem (17/01) milhares de mulheres Polonesas protestaram contra a nova tentativa do Lei e Justiça, partido conservador e nacionalista que governa o país, de endurecer a legislação sobre o aborto. O Projeto de lei aceito no Parlamento busca proibir aborto em casos de má formação do feto.

O estopim das manifestações foi o projeto de lei para limitar o aborto voluntário que foi aceito pelo parlamento no último dia 10. Uma iniciativa do grupo Stop Aborcja, que busca proibir a prática em casos em que o feto apresente má formação ou doenças irreversíveis fez uma comissão parlamentar revisar a proposta.

A maior parte das manifestantes se vestam de preto, como já fizeram anteriormente em 2016, quando vários protestos obrigaram o Lei e Justiça a voltar atrás em um projeto de restringir o acesso ao aborto, apesar de o partido contar com maioria absoluta no parlamento.

Apesar de todas as manifestações, o líder do Lei e Justiça, Jaroslaw Kaczynski, já defendeu em repetidas ocasiões a proibição do aborto eugênico, quando a gravidez é interrompida por motivos referentes à qualidade de vida do bebê.

Legislação

A Polônia possui uma das legislações mais restritivas da Europa em relação ao aborto. A atual lei, de 1993, só permite o aborto quando a saúde da mãe está em perigo, em casos de estupro ou incesto e se o feto sofre de má formação ou doença irreversível.

 

Fonte: G1

Foto: Divulgação

saiba antes via instagram @amaisinfluente