2.2 // PASSARELA 

Grife abre desfile com uma modelo negra depois de 20 anos

Desde Naomi Campbell em 1997, nenhuma modelo negra abriu os desfiles da Prada. Neste ano, finalmente, o casting da histórica etiqueta italiana parece estar melhorando quando o assunto é diversidade.

Anok Yai, nascida no Egito mas radicada nos Estados Unidos, veio mudar essa realidade. Depois de participar da apresentação masculina da grife em janeiro, a neo top foi a primeira em 20 anos a pisar na passarela desfilando a coleção de inverno 2018 da marca.“Foi uma honra e eu estou muito orgulhosa por ter sido escolhida para abrir o desfile, mas isso é muito maior do que eu. Ao ser a primeira a entrar na passarela dessa que é uma das maiores marcas de moda do mundo, especialmente para as mulheres negras, estou mostrando que nossa beleza merece ser celebrada”, disse em entrevista a uma importante publicação norte-americana. Ela também contou que está animada em saber para onde isso vai a levar. “Ser exclusiva da Prada na temporada abre muitas portas para meninas como eu.”

 

 

Fonte: Elle

Foto: Reprodução

 

saiba antes via instagram @amaisinfluente