2.1 // TENDÊNCIA 

Tendência polêmica: bolsas de plástico

De vez em quando aparecem algumas tendências que são consideradas extremamente inusitadas, cada uma por um motivo. Como os tênis considerados “feios”, mas que já viraram um cult da Balenciaga, ou até mesmo a agraciada volta dos anos 1990 e seus acessórios como chokers e óculos finos.

Mas quando algo considerado barato entra na moda, o choque é muito maior do que quando a tendência é considerada simplesmente feia. E o caso atual é muito polêmico pois os dois rótulos estão envolvidos. Consideradas subversivas por muitos, as sacolas plásticas que estão nas mãos e antebraços dos fashionistas são parecidas com as de qualquer supermercado e são caras. Há algum tempo, foram as sacolas parecidas com a da Ikea e vendidas pela Balenciaga que causaram furor nas redes.

https://www.instagram.com/p/BfgXz-Gj1rJ/?taken-by=zikocomeon_iris

De onde tudo isso surgiu? Resposta direta: Raf Simons. Foi o belga que originou a trend quando ainda comandava a Jil Sander, no desfile de verão 2011 da marca. Na época, a bolsa laranja foi vendida por U$ 135 cada e esgotou imediatamente. Para tentar entender melhor a tendência, é preciso pensar que muitas dessas novidades surgem como um antídoto a algo que é muito popular. No caso das sacolas de plástico — e da sacola de feira da Balenciaga –, era quase de se esperar que em um momento no qual o sonho é ter uma amada Birkin da Hermès, um designer antenado criaria uma bolsa-desejo que de bolsa-desejo não tem nada.

 

 

Foto: Reprodução

Fonte: Elle

saiba antes via instagram @amaisinfluente