4.0 // ENTRETENIMENTO4.1 // ARTE & CULTURA 

Homofobia no futebol é tema de livro lançado em São Paulo

Um craque do futebol e ídolo da seleção resolve se declarar homossexual depois do assassinato de um ex-namorado. Este é o pontapé inicial de “O Outro Lado da Bola”, graphic novel que chega às livrarias pela Record e mostra, de forma bela e pungente, uma estrutura entranhada de preconceito e corrupção. Na trama, o protagonista Cris vê sua vida pessoal e sua carreira virarem de ponta-cabeça com a reação de colegas, patrocinadores e torcida.

Na próxima terça-feira, dia 26 de junho, na semana do Dia Internacional do Orgulho LGBT, os autores Alvaro Campos, Alê Braga e Jean Diaz estarão em São Paulo para a sessão de autógrafos e um bate-papo sobre homofobia e preconceito no futebol. Para discutir o assunto, eles recebem Tony Goes, colunista da Folha de São Paulo, e o jornalista William de Luca. William é torcedor do Palmeiras e ficou conhecido nas redes aos reclamar dos insultos homofóbicos nos estádios. Ele é um dos criadores do Palmeiras Livre, movimento da torcida do clube paulista anti-homo e transfobia, contra o racismo, machismo e misoginia.


Para ler a matéria completa e saber mais sobre o universo LGBT, clique aqui! 😉

saiba antes via instagram @amaisinfluente