3.0 // MANUAL3.2 // CORPO 

Pensando em fazer fertilização in vitro? Siga esses 4 passos!

Buscar um especialista para começar a formar uma família pode ser desgastante e até solitário. Mas, não desanime! A infertilidade afeta cerca de um em cada oito casais, e além disso, o processo apresenta resultados positivos para a maioria dos casos.

Nos EUA, por exemplo, 1.000.000 bebês nasceram utilizando a fertilização in vitro (FIV) somente no ano de 2015! Portanto, para quem realmente deseja seguir com o plano, separamos 4 dicas preciosas que irão ajudar durante todo o processo.

Confira:

1. Faça uma boa pesquisa!

O primeiro passo é verificar a reputação da prática, incluindo tanto o médico quanto a qualidade do laboratório. Como a maioria dos pacientes é encaminhada para um especialista em infertilidade pelo obstetra, seja proativo na consulta inicial e pergunte sobre as taxas de sucesso, especificamente sobre os pacientes em sua faixa etária e com a mesma condição.

Outra questão fundamental é perguntar sobre a qualidade do laboratório. O melhor indicador para a qualidade de um laboratório e a maneira mais justa de comparar os laboratórios é revisando as taxas de sucesso entre os pacientes com doadores, pois isso elimina as variações de idade e gravidade das condições.

Por fim, confie em seus instintos. Sentir que o médico está ouvindo você e se importando com você pode ser tão importante quanto as estatísticas.

2. Questione e busque as últimas tecnologias do mercado.

Os futuros pais também devem saber que existem novas tecnologias, equipamentos e protocolos que podem melhorar suas chances de engravidar. Por exemplo, testes genéticos mais avançados podem ser feitos nos pais antes que eles comecem a tentar, ou nos próprios embriões após os pacientes terem iniciado o processo de FIV. Além disso, novas tecnologias e equipamentos no laboratório podem aumentar as taxas de gravidez. Procure um laboratório que tenha feito investimentos nas tecnologias mais recentes.

3. Esteja preparado para os efeitos emocionais, físicos e financeiros do processo de FIV.

Há definitivamente um grande componente emocional para homens e mulheres. A ansiedade sobre o investimento emocional e financeiro que você está fazendo é normal. Adicione os hormônios que são uma parte essencial do tratamento para as mulheres e você pode esperar alguns altos e baixos. No entanto, em geral, temos visto aumentos significativos nas taxas de gravidez, com muitos pacientes engravidando na primeira rodada de fertilização in vitro.

4. Siga o protocolo para aumentar suas chances de sucesso

Seguir o protocolo e instruções médicas EXATAMENTE como foram passadas é um compromisso fundamental. Este processo requer planejamento antecipado e sempre deve ser verificado se você tem medicação suficiente à mão.

Você ou seu parceiro também precisam se sentir confiantes sobre a administração do medicamento. Os médicos e funcionários estão disponíveis para perguntas e encorajam você a entrar em contato quando tiver dúvidas ou precisar de apoio. Portanto, encontrar um escritório onde a equipe e o médico estejam atentos e acessíveis é extremamente importante.

Então, para resumir. O que fazer quando você está iniciando a fertilização in vitro:

1. Confie em seu médico e equipe, conhecendo a taxa de sucesso de seu laboratório e confiando em seus instintos após sua consulta inicial.

2. Seja seu próprio defensor e pergunte sobre as últimas tecnologias no mercado.

3. Prepare-se o máximo possível financeiramente para as despesas; fisicamente pelo comprometimento de tempo; e emocionalmente pelos altos e baixos.

4. Siga o plano! Taxas de sucesso de fertilização in vitro estão subindo, poder você ter confiança no processo envolvido são fatores-chave na preparação para a fertilização in vitro.

Informações: Dr. Armando Hernandez-Rey – Conceptions 
Foto: Pixabay

saiba antes via instagram @amaisinfluente