5.0 // DOSSIÊ5.2 // FAMÍLIA 

40% dos professores já ajudaram alunos a lidar com bullying online

De acordo com a pesquisa TIC Educação 2017, 40% dos professores de escolas localizadas em áreas urbanas já ajudaram algum aluno a enfrentar situações desconfortáveis ocorridas durante o uso da Internet, tais como bullying, discriminação, assédio e disseminação de imagens sem consentimento.

O percentual de professores que declararam já ter auxiliado alunos nessas situações é semelhante entre profissionais de escolas públicas (39%) e particulares (44%), com destaque entre aqueles que lecionam para turmas de 5º ano (41%) e 9º ano (44%) do Ensino Fundamental, assim como os professores mais jovens na faixa etária de 31 a 45 anos (45%).

No que diz respeito a ações promovidas pela escola, grande parte dos coordenadores pedagógicos – 76% de escolas públicas e 96% de escolas particulares – afirmou que as instituições promoveram atividades de orientação para os alunos enfrentarem tais situações. Contudo, apenas 18% das escolas públicas e 41% das particulares realizaram palestras, debates ou cursos sobre o uso responsável da Internet nos últimos 12 meses.

Foto: Pixabay

saiba antes via instagram @amaisinfluente