3.0 // MANUAL3.4 // SAÚDE 

Cirurgia íntima: Brasil lidera ranking de procura pelo procedimento

Nesta quinta-feira (6), é celebrado o Dia do Sexo. Essa data, tem tudo a ver com saúde, corpo e autoestima. E por que não falar sobre a saúde íntima da mulher? A busca pela beleza e satisfação com o corpo chega às regiões íntimas e pode refletir na autoestima e na libido. A cirurgia plástica ajuda na questão estética, mas tem outros benefícios associados. Em sua última pesquisa, a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) indica que o Brasil é o país com maior procura por esse tipo de procedimento.

Quando a mulher sente desconforto em atividades físicas, relações sexuais ou para usar alguns tipos de roupas há recomendação médica para tal procedimento. “A cirurgia íntima pode ser indicada para incontinência urinária, bexiga caída, para alterações no prazer e nas relações sexuais e nos casos de desconforto da mulher com os lábios vaginais desproporcionais”, explica o cirurgião plástico Pedro Lozano, integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Os motivos estéticos ou emocionais vão desde deixar o clitóris mais exposto para aumentar o prazer da mulher até correções na cor, tamanho e altura dos pequenos e grandes lábios.

O procedimento é relativamente simples e leva cerca de duas horas. O pós-operatório costuma ser tranquilo também. “A paciente geralmente é liberada no dia seguinte, mas deve seguir algumas recomendações e restrições, como não fazer esforço e evitar contato íntimo”, finaliza Dr. Pedro.

saiba antes via instagram @amaisinfluente