2.0 // FAMOSOS 

Após denúncias filme sobre João de Deus é suspenso

Há mais de 30 relatos de mulheres entre 30 e 40 anos que dizem ter sofrido assédio do médium João de Deus que justificava ato como tratamento espiritual

Há mais de 30 relatos de mulheres entre 30 e 40 anos que dizem ter sofrido assédio do médium João de Deus que justificava ato como tratamento espiritual – Reprodução/Casa de Dom Inácio

O filme sobre João de Deus, que já está em fase de pós-produção e recebeu autorização de captar R$ 4 milhões via incentivo fiscal semana passada (antes de vir à tona as acusações de o médium ter assediado 38 mulheres em Abadiânia, no interior de Goiás) foi totalmente parado. Quem investiu nele estava desesperado porque ia perder o dinheiro. A solução foi refazer o filme com um lado a e um lado b, mostrando as acusações. Isso significa gastar mais alguns milhões que não estavam nos planos porque essa parte vai ter que começar parte do zero). A produtora responsável é a Lynxfilm. Em 30 horas, mais de 200 mulheres procuraram o Ministério Público de Goiás dizendo terem sido abusadas durante tratamentos espirituais. João de Deus afirma ser inocente. Fonte: Leo Dias

saiba antes via instagram @amaisinfluente