4.0 // ENTRETENIMENTO4.1 // ARTE & CULTURA 

Autor altera Monteiro Lobato para crianças da nova geração

foto: divulgação

Marmelada de banana, goiabada de marmelo… Não tem como não lembrar do Sítio do Pica Pau Amarelo quando falamos de Monteiro Lobato.

O autor é criador de Emília, Narizinho, Dona Benta e tantos outros personagens que nos marcaram quando crianças.

Inspirado em toda essa representação da infância, o escritor Pedro Bandeira, escreveu um livro sobre essas obras, para a nova geração de baixinhos.

A obra “Narizinho, a menina mais querida do Brasil”, será lançada nesse ano, com o foco nas crianças recém-alfabetizadas e também menores.

O livro conta a história de forma atualizada para os dias atuais. Emília, por exemplo, sempre reclama de Tia Anastácia, mas em momento algum faz comentários sobre sua raça como a obra original fazia, já que os tempos de Lobato eram outros.

Para Pedro, Narizinho é a grande protagonista de Sítio do Picapau Amarelo. Segundo ele, a menina é a verdadeira essência dos livros, pois é ela quem cria toda a mágica que acontece no Sítio.

“Emília é a virulência de Lobato, talvez represente a própria consciência crítica dele e seus demônios interiores, mas toda a sua obra infantil é desencadeada através da personagem Narizinho”, explica Bandeira.

No dia 01 de janeiro de 2019, as obras de Monteiro Lobato viraram domínio público, então agora editoras podem publicar adaptações e títulos referentes ao autor.

saiba antes via instagram @amaisinfluente