3.2 // CORPO3.4 // SAÚDE 

Bumbum avantajado é febre nas cirurgias plásticas

foto: instagram

O Brasil é muito conhecido por seus procedimentos estéticos. Turistas de todo o mundo vem para o país em busca de um corpo “perfeito”.

Depois que as Kardashians viraram febre, uma das cirurgias mais procuradas tem sido o implante de silicone no glúteo. Ter um bumbum grande e bonito, virou mais uma regra de beleza imposta pela sociedade.

Devido a isso, mulheres de todos os lugares procuram um jeito para aumentá-lo.  “Só há duas formas de conseguir um bumbum mais definido: Por meio da gordura da lipoaspiração que é enxertada na região do glúteo, ou pela prótese de silicone”, explica o cirurgião plástico Bernardo Ramalho, especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Segundo o doutor, até pessoas bem magras podem fazer o procedimento. O pós operatório é tranquilo, se realizado com profissionais competentes em hospitais qualificados. Claro que como todo procedimento, exige alguns cuidados.

foto: divulgação

É muito importante lembrar de limpar bem a região para que não haja infecção dos pontos, logo após a operação. Também é preciso ter cautela em não tomar injeção no local, para que a prótese não seja perfurada.

O repouso da cirurgia é em torno de duas a três semanas e a paciente pode, sim, ficar sentada. “A medicina está tão avançada que as próteses não têm mais prazo de validade, não é mais necessário trocar as próteses depois de determinado período”, afirma o cirurgião plástico.

Além dos glúteos, o implante pode ser colocado na região das mamas, na panturrilha e, em alguns casos, no peitoral masculino. “Hoje em dia as próteses de glúteos têm um formato anatômico e são colocadas de forma intramuscular, deixando um resultado muito mais natural”, conclui Ramalho.

saiba antes via instagram @amaisinfluente