5.0 // DOSSIÊCarnaval 

O retorno de Quitéria Chagas para o carnaval do Rio

(Crédito: Yuri Graneiro) 

Quitéria Chagas, modelo, dançarina e atriz, está de volta ao carnaval do Rio de Janeiro depois de cinco anos longe da Sapucaí. Ela, que já fez diversos trabalhos na Rede Globo, conversou com A Mais Influente sobre a retomada do posto na folia carioca como  Rainha de Bateria da Império Serrano e mais.

1) Você desfila no carnaval carioca desde 2003, atuou durante anos na Globo, e agora, depois de cinco anos longe do carnaval, retorna ao posto de Rainha de Bateria da Império Serrano. Como se sente?

Tenho 16 anos de Império Serrano, muitos deles como Rainha de Bateria. Antes fui Destaque de Carro quando fiz as vinhetas de carnaval da Rede Globo. Em 2006 foi minha primeira vez como rainha e fiquei durante alguns anos no posto. Me afastei, e, retornar é poder reviver e dar continuidade a toda a nossa história.

É uma honra fazer parte dessa escola com tanta riqueza histórica no carnaval. Faz parte do berço do samba!

O meu crescimento pessoal e profissional se mistura com a história da escola. Tenho muita gratidão a todos!

 

2) Desde o nascimento da sua filha Elena, você emagreceu 40kg, concluiu a sua formação em psicologia… São muitas mudanças, não é? Conte-nos sobre como encarou este processo. Você também o fez para preparar-se ao Carnaval 2019? 

Esse processo de redução de peso não foi planejado. Não tive ansiedade pra voltar à forma naturalmente. O meu parto foi natural e amamentei através da livre demanda, o que provocou a redução do peso.

Quando minha filha desmamou depois de mais de 1 ano, a presidente da Império Serrano, Vera Lúcia, me convidou para desfilar na escola. Comecei a olhar para mim. Antes havia deixado a minha vaidade de lado, o culto ao corpo por opção – estava voltada a minha dedicação como mãe. O carnaval desgastou meu lado mulher.

Aos poucos voltei ao treino funcional, fiz tratamentos estéticos avançados e o corpo foi retornando. Além disso, mantenho uma alimentação saudável.

 

3) Depois de cinco anos longe da Sapucaí, qual é a sua expectativa para o desfile pela Império Serrano? 

Acredito que será um dos desfiles que, se não for o mais emocionante das nossas vidas, marcará o público.

O enredo do carnavalesco Paulo Menezes fala sobre a vida, seus mistérios e transformações. Será a primeira vez que uma escola de samba traz uma música já conhecida do público – uma grande inovação no carnaval, a música “O que é? O que é”, do Gonzaguinha.

Cada vez que escuto, canto e me emociono. É uma música que toca na vida e no coração de qualquer um, grande poema!

As inovações que traremos na avenida durante a apresentação da Bateria Sinfônica do Samba de mestre Gilmar surpreenderá com muitas paradinhas diferenciadas, o que traz ainda mais alegria e emoção a esta grande canção.

Como Rainha de Bateria, vou trazer inovações durante o desfile. Aguardem os mistérios da vida!

 

saiba antes via instagram @amaisinfluente