// capa mais mais maisMAISMAISMAIS 

João Pedro Novaes, o guerreiro Adad em “Jezabel”

Por Juliana Moraes
Fotos: Lukas Alencar
Styling: Gugu Ribeiro

Depois de participar da novela “Jesus”, na Record, João Pedro Novaes foi convidado para atuar em “Jezabel”, a nova série bíblica da emissora. Na trama, ele dará vida ao guerreiro Adad.

Com 24 anos, o carioca começou a estudar interpretação ainda no colégio, até fazer sua primeira peça profissional em 2011.

Ele já participou de montagens de espetáculos como “Traição”, de Nelson Rodrigues, “Deflora-te”, uma adaptação de “ O Balcão”, de Jean Genet e o musical jovem “O suspiro colegial”.

Atualmente, ele também pode ser visto na série “Maroto: Uma História”, no Youtube.

Em entrevista exclusiva à MAIS MAIS MAIS, da Revista A Mais Influente, ele fala sobre início da carreira, apoio da família, sonhos e seu mais novo personagem na TV.


O que te motivou a entrar na carreira artística? O que mais me motivou e me motiva todos os dias nessa carreira artística sem dúvidas é a paixão que eu tenho por ela, o teatro me mostrou isso desde cedo. Foi arrebatador.

Como foi o início? Teve apoio da família? Eu sempre tive contato com o teatro, desde criança sempre fui metido a entrar em peças das escolinhas, clubes, mas em 2006, fui estudar num colégio que tinha como matéria obrigatória artes cênicas, e era a matéria que eu mais me destacava. No final do ano sempre tinha a peça de conclusão, eu amava estar ali no palco, me sentia livre. Quando fui prestar o vestibular em 2012 eu já fazia parte da Cia. de teatro da escola, participávamos de um festival intercolegial que era o maior evento pra gente, mas não pensava em seguir de fato com a carreira de ator. Infelizmente nessa época as pessoas só pensam na carreira que dará mais dinheiro e fui nessa também.  Não durei um mês no curso de publicidade e então fiz depois o vestibular da CAL e me formei em bacharelado em artes cênicas em 2016. Minha família sempre me apoiou, em especial minha mãe que  sempre me motivava e isso é um privilégio, já que nem todos os pais motivam os seus filhos a seguirem os seu sonhos. Sabíamos do tamanho do desafio, não é fácil, porém, sempre tive ao meu lado amigos e família que acreditam em mim, e me ampararam todas as vezes que eu precisei, sou muito grato por isso.O que você achou mais desafiador no início? Encontrar uma oportunidade pra mostrar o meu trabalho às vezes é muito difícil no começo pegar um teste bacana e passar de primeira, a gente ouve muitos “não”. Faz parte do processo, eu sei, mas nem sempre é fácil, tem que ter muita persistência e estudo, além de humildade para entender o que precisamos melhorar.

O que mais te inspira na profissão? Ser ator é um ofício muito antigo, é quase que mágico eu diria, necessário para esse mundo, pois ele tem as ferramentas para muda-lo. É isso o que me inspira, de poder de alguma forma mudar o mundo de cada pessoa que nos vê, nos assiste, é passar uma mensagem que precisa ser passada, é falar o que tem que ser falado, é a liberdade que a arte nos proporciona de vivermos várias vidas, vários conflitos, vários amores, não é fantástico?Conte um pouquinho pra gente sobre o seu personagem. Você se identifica com ele? O nome do meu personagem é Adad, ele é um guerreiro fenício e faz parte da guarda pessoal de Jezabel, um garoto prodígio eu diria pois é o mais novo do grupo. Adad tem 25 anos e adora guerra, sangue, é muito confiante em suas ações e prepotente ao mesmo tempo, muito devoto a Baal e Aserá, que são os deuses da Fenícia. Quer mostrar sempre um bom trabalho pois almeja subir de patente. Ele vai causar muitos conflitos na trama pois não aceita e não entende os costumes dos israelitas. Eu me identifico muito com ele, por querer sempre melhorar o meu trabalho, me dedico bastante e espero um dia ter um bom reconhecimento do meu trabalho, assim como ele. Além de ter a mesma idade que a minha e ser muito aguerrido, ele enfrenta as batalhas com coragem e determinação.

Onde você busca inspirações para dar vida a seus personagens? Eu busquei na série Vikings, Tróia, Game of Thrones, por ser um guerreiro, quis me inspirar nessas grandes séries que tem batalhas épicas e se passam em épocas diferentes.

Como funciona o seu processo para começar a dar vida ao personagem? Ele funciona em cima de uma grande pesquisa, primeiro quero saber o contexto histórico todo, o modo de se comportar, de agir, os costumes do personagem, e depois vou explorando melhor a sua individualidade dentro de tudo isso, e vou testando, vendo o que funciona ou não, uma verdadeira investigação, e levo pro corpo, no modo de andar, sentar, falar, olhar, respirar, um processo psícofísico.Você saiu de uma novela bíblica para entrar em outra, uma seguida da outra inclusive. Como está sendo todo esse processo para você? Acredito que sempre será um grande desafio porque elas sempre vão nos tirar da nossa zona de conforto, são outras épocas, outras culturas e vivências, é um processo muito rico de aprendizagem como ator, você consegue se distanciar bastante de você mesmo. Quando fiz a novela “Jesus” eu era um menino totalmente problemático, sofria bastante, tentava me matar diversas vezes, foi um processo muito corporal, eu saia exausto do estúdio, e agora fazendo o Adad em “Jezabel” eu precisei aprender a andar a cavalo, lutar com espada, e ser um cara totalmente diferente de mim.

Quem é a sua maior referência no mundo artístico? Eu tenho uma grande admiração pelo Wagner Moura, pelo ator que ele é, pelos seus trabalhos e o que ele vem conquistando mundo a fora, quero um dia chegar nesse nível.

O que a arte significa para você? A arte pra mim significa renovação, sempre, você como artista precisa constantemente se renovar, ao mesmo tempo, consegue renovar o mundo ao seu redor, chega até a curar algumas mazelas da alma, leva afeto aonde não tem, chega em lugares muito específicos, quase impossíveis de chegar. Eu acredito que é a salvação para esse mundo em que nós estamos vivendo.

PING PONG

Nome completo: João Pedro Novaes

Idade: 25 anos

Signo: Áries

Um filme: A Origem

Uma música: Kiss from a rose – Seal

Um livro: A Cabana

Viagem dos sonhos: Grécia

Maior conquista: Estar fazendo Jezabel

Maior defeito: Impaciente

Maior qualidade: Generosidade

Defina-se em uma palavra: Aprendiz

saiba antes via instagram @amaisinfluente