4.4 // MÚSICA 

Bemti lança novo clipe protagonizado por Hugo Bonemer

Bemti (Foto: Divulgação)

O cantor Bemti lança no próximo dia 11 de julho o clipe da música “Eu Te Proíbo de Ter Esse Poder Sobre Mim”, do aclamado disco “era dois”, lançado em 2018. Com direção de Bruno Pedroza e produção da Broders, o roteiro do vídeo é assinado pelo músico ao lado de Daniel Ribeiro, roteirista do clipe “Flutua” de Johnny Hooker (vencedor do prêmio de Melhor Clipe de 2018 pela MTV Brasil) e diretor do filme “Hoje eu Quero Voltar Sozinho”, escolha brasileira para concorrer ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 2014, e que foi vencedor de mais de 20 prêmios internacionais, incluindo dois prêmios de Melhor Filme no Festival de Berlim.

Com Hugo Bonemer e Bruna Black como protagonistas, o clipe conta a história de bichinhos de estimação que se libertam de situações de aprisionamento e entendem seus novos lugares sozinhos na cidade e a força que criam ao se unirem. “Ao longo do clipe é possível compreender a metáfora que se constrói com esses personagens, que fogem de um tipo de situação e precisam aprender como se reconstruir. Enquanto se movem e se encontram pela cidade em diferentes situações, esses pets são observados por uma figura sinistra meio pato meio humano, que parece julgá-los a todo momento. É uma represe ntação de uma sociedade opressiva e frustrada que não consegue viver a mesma felicidade vivida pelos personagens principais e que parece querer confiscar o direito deles de serem livres e felizes”, explica Bemti. Formado em Audiovisual pela USP, Bemti assina, além do roteiro escrito com Daniel Ribeiro, a montagem e direção de arte do clipe.

De acordo com Bruno Pedroza, diretor criativo da Broders e quem dirige o clipe, “‘Eu te Proíbo de Ter Esse Poder Sobre Mim’ é uma música forte, que parte de uma história de amor, mas que se expande, dialogando com o terrível momento político e social que vivemos atualmente. O clipe nasce de uma parceria entre artistas, todos unidos, colaborando para dar voz ao que precisa ser dito e fo rtalecer o discurso da música. Com uma estética divertida e sensível, falamos sobre amor, amizade e liberdade”, diz Pedroza.

Para o roteirista Daniel Ribeiro, a letra envolve e transporta o ouvinte para esse momento de virada de um relacionamento. “A melodia é melancólica mas esperançosa. É o começo da saída do fundo do poço. Quando Bemti me chamou para pensarmos uma história pra esse clipe eu fiquei muito feliz e ainda mais animado quando conseguimos chegar em personagens e em um enredo que vai além dos conflitos individuais, onde passa a ser também uma reflexão sobre o fundo do poço que estamos socialmente e do qual buscamos soluções para sair”, explica.

Hugo Bonemer já tem uma vasta carreira de destaque em musicais, como o papel de Ayrton Senna no musical sobre o piloto. No momento, é finalista da edição de 2019 do quadro Show dos Famosos, do Domingão do Faustão. “Foi a primeira vez que interpretei uma pessoa que se sente um cão abandonado e curti muito a experiência, foi muito divertido e fiquei bem à vontade. Quando ouvi o Bemti fiquei fã, isso aconteceu em um show dele em São Paulo. Amo a sensibilidade e a voz dele”, afirma o ator.

Com participações de artistas de destaque como o premiado Johnny Hooker, Natália Noronha e o trio Tuyo, “era dois” figurou em diversas listas de melhores discos do ano, como o tradicional ranking da Revista Rolling Stone Brasil. Misturando viola caipira com temática abertamente gay e música alternativa, eletrônica e MPB, Bemti chama sua música de queer-synth-folk. Em abril, o músico mineiro lançou uma faixa inédita chamada “Faísca”, em parceria com a cantora Tiê e com o grupo Falso Coral. A canção teve mais de 200 mil plays no Spotify em menos de 2 meses. “Eu te Proíbo de Ter Esse Poder Sobre Mim” é a quinta faixa do disco “era dois” e chega como single ao Spotify no mesmo dia do lançamento do clipe, tendo como lado B um remix surpreendente feito pelo duo CyberKills, dono do remix que abre o disco NPN Remixes de Pabllo Vittar lançado recentemente. Bemti tocará em diversos festivais no segundo semestre, entre eles uma participação já anunciada no Festival Bananada, em Goiânia.

Ficha técnica:

Roteiro: Bemti e Daniel Ribeiro

Direção e fotografia: Bruno Pedroza

Direção de arte: Bemti e Bruno Pedroza

Produção: Renan Lima

Montagem: Bemti

Cor: Vitor Furlan

Adereços: Ateliê Modestamente Revolucionário

Stylist: Rique Groove

Apoio Figurino: Cartel 011

Maquiagem: Vitor Gaspar e Débora Lucena

Assitência de Maquiagem: Priscila Barros

Assistência de Produção: Babi Sonnewend, Clara Gattone e Rodrigo Furlan

Assistência de Câmera: Thiago Cordeiro e Vitor Furlan

Elétrica e Logística: Elias Pereira e Ricardo Magal

Elétrica adicional: Iuri Galletti

Segurança: Alex Santos

Elenco: Hugo Bonemer (Rex), Bruna Black (Frida) e Lucas Silvestre (Panda)

Banda: Bemti (voz e viola caipira), Beatriz Vieira (bateria) e Cauê Lemes (teclado).

Figuração: Arthur Borba,Bárbara Sonnewend, Elias Pereira, Belle, Nathan Fernandes, Rodrigo Furlan, Pedro Lauretta, Priscila Barros, Thiago Alves, Vitor Gaspar.

saiba antes via instagram @amaisinfluente