3.4 // SAÚDE 

Check-up residencial para minimizar acidentes domésticos com idosos

Realizar o check-up residencial é uma das melhores maneiras de reduzir os riscos de acidentes na terceira idade. Segundo o Sistema Único de Saúde (SUS), 75% das lesões sofridas por pessoas com mais de 60 anos são causadas por acidentes domésticos. Outro dado que mostra a importância do check-up é a estimativa da população idosa no Brasil, já que, de acordo com dados do IBGE, a população acima dos 60 no superou a casa de 30 milhões de pessoas.

Segundo o doutor José Sallovitz, cardiologista e coordenador médico da Allianz Assistance, líder global em serviços de assistência 24 horas, “o acidente doméstico é um risco que pode ser evitado com pequenos cuidados no dia a dia, gerando uma melhor qualidade de vida para os idosos”.

Para o professor e mestre José Carlos Guerra, coordenador dos cursos de Arquitetura e Urbanismo no Centro Universitário Eniac, “a arquitetura define espaços/abrigos e, como tal, interfere e define a maneira como as pessoas vivem. No caso de idosos, assim como para as pessoas portadoras de necessidades especiais, várias medidas podem ser tomadas a fim de facilitar a mobilidade”.

Para tornar o ambiente residencial mais seguro e minimizar as chances de acidentes, o Dr. Sallovitz e o professor Guerra destacam 5 dicas importantes para os idosos.

Coloque barras de segurança
A queda é considerada o principal acidente doméstico e pode acontecer em diversos locais da residência, como corredores, escadas e banheiros. Segundo o professor, “colocar apoios é uma escolha que ajuda a tornar o ambiente mais seguro. Nesta idade, de maneira geral, temos alterações no equilíbrio, então as barras auxiliam no cotidiano, seja para tomar banho ou realizar tarefas simples, como troca de cômodo”.

Cuidado com os móveis
O espaço para circulação é extremamente importante para evitar acidentes. “Muitos móveis, mesas centrais, cômodas e plantas podem ser barreiras e provocar um acidente. O ideal é manter o caminho o mais livre possível, evitando esbarrões que podem resultar em contusões e quedas”, explica o Dr. José Sallovitz.

Ilumine o ambiente
Uma boa iluminação na casa é uma ótima maneira de evitar acidentes, principalmente quando existe algum problema de visão. “Quanto mais claro o ambiente, menores são as chances de esbarras em algo no caminho. Utilizar balizadores fixados nas paredes pode auxiliar, já que a luz de teto, algumas vezes, não é suficiente. Outra maneira é instalar mais interruptores, como em locais próximos à porta ou ao lado da cama”, sugere o doutor.

Retire os tapetes da casa
Por mais que os tapetes embelezem o ambiente, eles podem ser vilões para pessoas com passos mais lentos e arrastados. “O ideal, para evitar escorregões e tropeços, é a retirada deles. Mas outra solução é a utilização de tapetes antiderrapante ou fixadores de silicone em cada ponta”, sugere o Prof. Guerra.

Utilize poltronas e cadeiras com braços
Outro ponto de observação são as cadeiras e poltronas utilizadas na casa. “O ideal é que esses móveis tenham braços, gerando um apoio para a hora de se levantar ou sentar, auxiliando no equilíbrio e proporcionando maior segurança”, finaliza o Dr. José Sallovitz.

saiba antes via instagram @amaisinfluente