1.2 // DEU BABADO 

Record TV demite cinegrafista que chamou Sabrina Paiva de macaca


A Record TV confirmou, em comunicado à imprensa, que Sabrina Paiva, participante de A Fazenda 11, foi chamada de “macaca” durante prova realizada nessa terça-feira (05/11/2019). A emissora também afirmou ter demitido o operador de câmera responsável pelo comentário racista.

“A Record TV informa que ontem, 05/11/2019, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente”, diz o comunicado divulgado à imprensa.

A emissora também repudiou as falas racistas do operador de câmera. “A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar”, conclui o comunicado.

Entenda o caso

Logo após a prova que a consagrou Fazendeira da Semana, Sabrina Paiva relatou ter ouvido um xingamento racista saído de trás dos vidros de A Fazenda 11, onde ficam os operadores de câmera.

“Eu acho que aquilo foi para mim…Eu era a única que estava em pé. Na hora em que eu fui tomar água, estava todo mundo sentado, aí eu ouvi ‘senta aí macaco’ e um palavrão”, disse a modelo para Hariany e Andréa.

Rodrigo Phavanello, namorado de Sabrina durante o confinamento, também garantiu ter escutado a ofensa racista. “O que o cara falou foi muito grave, sabia?”. Ainda foi levantada a possibilidade de um mal entendido. “Pode ter sido coincidência”, afirmou Guilherme Leão.



saiba antes via instagram @amaisinfluente