5.0 // DOSSIÊ5.2 // FAMÍLIA 

Crianças também podem aprender nas férias

O momento é perfeito para ensinar aos pequenos valores que serão lembrados para sempre

As férias escolares são um período no qual os pais podem aproveitar para promover atividades em família e, com isso, ficar mais próximos dos filhos. Esse tempo em casa é uma oportunidade também para viver novas experiências e acompanhar o pequeno mais de perto. Geralmente são dois meses em que as crianças e adolescentes ficam ociosas e é muito importante que tenham atividades que estimulem a interação, exercícios físicos, a comunicação e também a diversão. A dica é usar a criatividade, não deixar os dias caírem na rotina e tentar criar interação para que eles não precisem sempre recorrer aos eletrônicos.

Crianças gostam da brincadeira, do lúdico e preferem a novidade à repetição, então inovar e propor outros tipos de atividades é o grande diferencial para um período de férias de sucesso. “Se os pais não se empenharem em criar um ambiente atrativo para os filhos, a tendência é ficarem focados nos seus tablets, videogames e computadores. As férias podem ser incríveis, um momento educativo e produtivo para todos”, diz Camila Cury, psicóloga e presidente da Escola da Inteligência – mais completo e especializado programa de educação socioemocional, idealizado por Augusto Cury.

Seja em casa ou viajando, existem diversas possibilidades para um tempo de qualidade em família. É possível entreter de várias formas:

Atividades divertidas
Montar um acampamento é super fácil. Não tem como errar! Improvisar barracas usando lençóis e cadeiras é diversão garantida. Outra opção antiga, mas que nunca sai de “moda”, é brincar de mímica com os amigos e família.

Passeios
São os preferidos de muitas crianças e uma ótima opção para estimular a atividade física ao ar livre. Um programa no parque como piquenique, jogos em família, cinema, muita vezes é tudo que os filhos querem. Esses encontros também podem acontecer entre amigos e assim, novas relações podem ser construídas ou mesmo fortalecidas.

Dentro de casa
Ficar em casa também pode ser muito divertido. Os pais podem criar um momento para cozinhar junto com os filhos. Escolher o prato preferido dos pequenos ou perguntar o que eles querem e preparar juntos é uma ótima ideia. Fazer isso entre amigos também pode ser muito bom para criar memórias. Além disso, durante a atividade é possível ensinar sobre a importância de aprender a esperar, ou seja, explicar que a ansiedade não faz acelerar o ritmo de acontecimento das coisas, mostrar que na vida tudo tem um tempo para acontecer e, assim como o lanche que está sendo preparado, leva tempo para ficar pronto.

Visita a familiares
A importância da família é um conceito que precisa ser ensinado desde cedo para as crianças. Nesse período, visitar parentes é uma ótima oportunidade para estimular as habilidades sociais das crianças, isso porque elas estarão com pessoas diferentes. Esse contato com outros costumes, idades diversas e hábitos díspares é bom para trazer um senso de importância do respeito às diferenças e empatia com todos.

“Existem diversas possibilidades para que esse momento seja um tempo de aprendizado para os pequenos, eles podem aprender de forma lúdica a respeitar as pessoas, dividir, esperar, além de levar os filhos a criar novas experiências juntos que, muitas vezes, geram marcas positivas para sempre”, explica a psicóloga. No fim, cada família vai descobrir um jeito próprio de transformar esse momento em algo proveitoso e inesquecível.

saiba antes via instagram @amaisinfluente