4.0 // ENTRETENIMENTO 

Crise no entretenimento: coronavírus gera incertezas em Hollywood

Os impactos da pandemia de Coronavírus já chegaram na indústria do entretenimento e seus efeitos devem ser sentidos por algum tempo. Séries e filmes tiveram suas filmagens canceladas por tempo indeterminado, assim como as produções que deveriam chegar aos cinemas nos próximos meses, foram adiadas.

As séries devem sofrer as consequências mais pesadas. Executivos que trabalham no setor acreditam que as temporadas que estão sendo produzidas podem encerrar com até quatro episódios a menos do previsto.

“Sendo realista, toda série que cancela as gravações é uma série finalizada”, disse um executivo. E mesmo com a situação normalizando, é pouco provável que algum estúdio opte por retornar às gravações. “Não faz sentido voltar em um mês para [gravar] um episódio ou dois”, explicou outra fonte.

Mercado em crise

Coronavírus paralisou grandes e pequenas produções por tempo indeterminado

Coronavírus paralisou grandes e pequenas produções por tempo indeterminado Fonte:  Pixabay 

Com tantos cancelamentos, os profissionais do setor já começam a sentir o impacto direto. Por dependerem das produções para receber, pessoas que fazem parte de equipes técnicas de filmes e séries não sabem como irão fazer para lidar com a pausa das gravações.

É o caso de Lia Towers, assistente de gerente de locação que já trabalhou em filmes como Baywatch: S.O.S. Malibu. Com o cancelamento das gravações da série que ela estava trabalhando, seu futuro é incerto. “Todo mundo está em estado de choque”, disse Towers. “Não temos ideia de quando as coisas vão começar de novo”.

Produtores independentes também já estão sentindo os efeitos da pandemia de Coronavírus. Eric B. Fleischman, produtor e CEO da Defiant Studios, acredita que, apesar de a situação atual ser complicada, existe uma oportunidade para melhorar quando o período de quarentena acabar.

“Está atingindo todo mundo com força, mas estou tentando ser otimista”, disse Fleischman. “Espero que, uma vez que as coisas sejam voltem ao normal, haja muita demanda reprimida e os negócios voltem a crescer”.

Teatros fechados

Quarentena também parou os espetáculos da Broadway

Quarentena também parou os espetáculos da BroadwayFonte:  Unsplash 

A Broadway também está passando por problemas semelhantes. Com os teatros fechados, os funcionários ficam em uma situação complicada. Emma Clinch trabalhava no Lyric Theatre, orientando o público sobre onde fica o assento no teatro. Agora, com as peças canceladas, a sua situação pode se complicar nas próximas semanas.

“Meus colegas de trabalho compartilharam minha ansiedade, mas todos sabíamos que não era um medo de contrair o coronavírus, era financeiro. ‘Como vou pagar o aluguel este mês?’ Tornou-se tão comum quanto ‘olá’ ao longo do dia. A comunidade teatral é realmente resistente, o dinheiro é uma luta até mesmo em um dia bom. Mas isso é algo diferente. É algo em que o Estado de Nova York ou o governo federal precisam intervir e ajudar”.

As informações são do TecMundo.

saiba antes via instagram @amaisinfluente