3.4 // SAÚDE 

Saiba como proteger a pele das altas temperaturas e como evitar a oleosidade em excesso no calor

Consequências do sol e calor vão desde o aparecimento de manchas e o fotoenvelhecimento precoce até desenvolvimento de câncer de pele. Especialista explica como se proteger de maneira efetiva e evitar a oleosidade excessiva, estimulada pelo calor

Moramos em um país tropical e isso quer dizer que o Brasil também é um dos países com maior índice de raios ultravioleta do mundo. “Por isso, temos a necessidade de proteger adequadamente a pele. Nossa pele sofre várias consequências com sol e calor: a formação de manchas, o envelhecimento cutâneo precoce, e o mais grave, o desenvolvimento do câncer de pele. Alergias, pequenas inflamações, irritações em algumas regiões são também danos causados pelo sol e calor”, explica Isabel Piatti, especialista em Estética e Cosmetologia, embaixadora do CIA – Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, Membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica – ABEC. “Para manter a pele bonita nos dias de sol e calor, alguns cuidados não podem ser ignorados”, acrescenta.

De acordo com a especialista, o primeiro passo é manter o corpo sempre hidratado. “Nosso corpo perde muito líquido nos dias quentes, chegando em alguns casos a levar a desidratação que se reflete na pele, que acaba por apresentar sinais de envelhecimento. É necessário repor esta perda, bebendo muita água”, explica Isabel. “Outro cuidado importante é o uso de proteção solar adequada para cada tipo de pele. Nunca sair ao sol sem o uso de um bom protetor solar”, comenta.

A especialista afirma que é de fundamental importância a reaplicação do protetor solar a cada duas horas e caso haja sudorese excessiva ou mergulhos no mar ou piscina deve-se reaplicar a cada hora. Por fim, Isabel sugere o uso de hidratantes e cremes para manter a hidratação da pele, e também a aplicação de produtos antioxidantes e regeneradores com Vitamina C nanoencapsulada ou Resveratrol, que ajudam a varrer os radicais livres produzidos pelo sol.

No caso do controle da oleosidade da pele, como o calor estimula as glândulas sebáceas a produzirem mais óleo, no verão é comum observar o brilho excessivo na pele. Para controlar isso, a especialista sugere o uso de sabonetes líquidos ou em espuma com ativos que controlam a oleosidade. “Eles são importantes para higienizar e retirar ao excesso de oleosidade durante o dia. Após a limpeza, aplicar um bom hidratante oil-free”, explica.Por fim, a especialista enfatiza que é importante em dias muito quentes higienizar duas vezes ao dia a pele. “Assim, evitamos que a sujeira ou excesso de maquiagem obstruam os poros gerando infecções na pele. Os sabonetes líquidos, de acordo com cada tipo de pele, ajudam na remoção dos resíduos causados também pela transpiração”, finaliza.

FONTE: ISABEL LUIZA PIATTI, especialista em Estética e Cosmetologia, embaixadora do CIA – Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, Membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica – ABEC. Profissional Aisthesis. Tecnóloga em Estética e Imagem Pessoal. Técnica em Estética. Pós-Graduanda em Estética e Exercício Físico na Saúde da Mulher. Especialista em Cosmetologia. Especialização em Escolas de Estética e Terapias Alternativas na Europa, na área Facial, Corporal e Bem-Estar. Palestrante no VI Congresso Mundial de Medicina Estética da IAAM/ASIME. Palestrante em Congressos da área da Saúde Estética Nacionais e Mundiais. Consultora técnica de revistas e sites da área de Beleza e Estética. Autora dos Livros “Biossegurança Estética & Imagem Pessoal – Formalização do Estabelecimento, Exigências da Vigilância Sanitária em Biossegurança” e “Gestantes: Cuidados Estéticos Durante a Gravidez”.

saiba antes via instagram @amaisinfluente