// capa mais mais maisMAISMAISMAIS 

Conheça Vicka, a cantora de “Pausa”, música que conquistou as redes sociais

Um conteúdo começa a ser viral nas redes sociais quando os usuários se identificam com o que é passado. Através dos comentários, compartilhamentos e curtidas, o assunto vai ganhando notoriedade e sendo divulgado por dias, semanas ou até meses.

No caso da cantora Vicka, uma paranaense de Cascavel, com 24 anos, e que desde o ano passado vive na capital paulista, a música “Pausa”, composta por ela e que tem relação ao atual momento que o mundo vive, foi publicada em seu Instagram no dia 30 de março, hoje soma quase 200 mil views. Nada mal para um período onde a conscientização sobre a quarentena precisam ser levadas a sério!

Ela iniciou a sua carreira musical aos 5 anos, quando os seus pais a levavam para acompanhar ensaios de um coral onde cantavam. O pai tocava violão, acordeon e cavaquinho. Quando tinha 10 anos de idades, a ensinou os primeiros acordes no violão e depois, foi aprendendo com professores, na internet, apresentando-se em bares e festivais. Com o tempo, foi evoluindo na música e começou a escrever as próprias canções aos 14 anos.

Conheça mais sobre a Vicka e sobre o seu momento após o sucesso com a composição, que inclusive, foi produzida por Rick Bonadio e Renato Patriarca, será lançada pela Midas Music e já tem até clipe no Youtube.

Por Marcelo Bragança

Qual é o seu estilo musical? Quais são as suas inspirações artísticas?

Pode-se dizer Pop Mpb. A minha música é um reflexo de tudo que já ouvi, e principalmente do que aprendi a tocar quando estava começando. Hoje percebo no meu som muitas influências do MPB clássico e alguns artistas da Nova Mpb. Posso citar como inspirações: Rita Lee, Paula Toller, Ana Carolina, Maria Gadú, Tiago Iorc, Grace Potter, Susan Tedeschi, Sheryl Crow, e muito mais.

Antes da quarentena, você se apresentava em bares, casas noturnas? 

Sim, me apresento profissionalmente desde os 14 anos, já tive algumas bandas, toquei em muitos lugares pela região do Paraná, e ultimamente estava fazendo algumas apresentações em São Paulo. Já morei fora do país também, passei 8 meses em Dublin, capital da Irlanda, vivendo de música, tocando na rua e em pubs. Já são 10 anos de ‘estrada’, mas só o começo de muitas histórias pra contar.

Vicka, você viralizou nas redes sociais nos últimos dias com um vídeo onde canta a música Pausa, de sua autoria! Como se sente em ter mais de uma centena de milhares de visualizações?

Me sinto grata em saber que minha música tenha encontrado tanta gente e que ela esteja fazendo a diferença na vida de tantas pessoas. Foi uma repercussão inesperada e ao mesmo tempo muito feliz e gratificante.

Vídeo viral de Vicka, que hoje, já conta com quase 200 mil visualizações no Instagram (Crédito: Instagram)

A música foi composta pensando na atual pandemia que o mundo vive. A quarentena está sendo muito difícil para você ou acredita que, ainda que com todas as dificuldades, fica mais inspirada para compor?

Está difícil ficar longe dos amigos e familiares, não poder sair pra fazer as atividades normais, não poder tocar nem me apresentar, e mais ainda, acompanhar as notícias no mundo todo mostrando os reflexos na economia e o desastre que a doença está causando nos países. Mas mesmo com isso, eu consigo me concentrar na música, e transformar sentimento em canções. Acredito que cada um deve aproveitar essa ‘pausa’ pra usar o tempo da melhor forma possível.

Nos comentários do seu post no Instagram, a repercussão foi muito bacana! Tem recebido mensagens privadas de pessoas desabafando sobre a situação?

Sim, inúmeras mensagens, de pessoas relatando como a música as afetou. Recebi muitas mensagens positivas, posso citar algumas que disseram que a música ‘salvou’ o dia, outras pessoas disseram chorar ao ouvir e outras ainda disseram que precisavam da música para entender o quanto esse momento é importante para nós valorizarmos as coisas que realmente importam.

Além de Pausa, tem feito lives para entreter os seguidores durante a quarentena?

Sim, inclusive no dia que escrevi a música eu fiz uma live e toquei pra quem estava assistindo. Os comentários foram incríveis, tanto é que resolvi gravá-la e postá-la no meu feed. E depois disso venho fazendo lives frequentemente, para tocar as minhas músicas, distrair e conversar com quem me acompanha.

Acredita que, independente de momentos como este, a música tem um poder transformador na vida das pessoas?

Sim, acredito que a música é capaz de transformar, modificar e intensificar a nossa energia, em um dia que está triste é possível se alegrar apenas ouvindo uma música.

Quais são os seus planos sobre Pausa e outros lançamentos que pretende fazer?

Pausa já está nas plataformas digitais e ganhou um videoclipe. Agora os planos são divulgar ainda mais a canção e ampliar o alcance dela. Além disso, pretendo lançar neste ano várias outras canções que escrevi nos últimos meses, que também representam parte de quem eu sou e da minha história.

Qual é a mensagem inspiradora que você deixa para as pessoas que estão com dificuldades em enfrentar este período?

Acredito que nada acontece em vão, então, esse momento de pausa e de recolhimento é necessário para que possamos valorizar os momentos em que estamos juntos de quem amamos,  a nossa saúde física e psicológica, e além de tudo aproveitar esse momento e o tempo que temos pra cuidar de si.

Lançamento recente em vídeo clip da música “Pausa” (Crédito: Youtube)

saiba antes via instagram @amaisinfluente