Sylvia de Castro 

Rio, eu te amo! por Sylvia de Castro

É um privilégio viver nesta cidade maravilhosa! Apesar dos pesares, que são muitos, ela continua linda e acolhedora. E é muito bom saber que, quando isso passar, vamos poder voltar a ver suas belezas, andar por suas ruas, sentir a brisa do seu mar, o charme de suas montanhas… Enquanto isso, podemos nos deliciar com as fotos lindas do nosso Rio na exposição virtual Rio maravilhoso, iniciativa dos Embaixadores de Turismo com apoio da Escola Técnica de Turismo Cieth e da Sergio Castro Imóveis, com curadoria de Ana Botafogo e Gustavo Delesderrier.

Vanda Klabin
Raquel Chaparro
Cristina Lacerda
Bayard Boiteux
Alberto Sabino
Cônsul da Argentina, Claudio Gutierrez

A moda das máscaras

Em tempo de uso obrigatório e necessário, as máscaras estão inventado e lançando moda.

Sueli e Ricardo Stambowisky com modelo de Naná e Yasmine Paranaguá no quadriculado tão característico das bolsas de Glorinha Paranaguá
Shirlei Maia, com um dos modelos de sua grife, ensina como usar com elegância o estilo monocromático
Melissa Jannuzzi aderiu ao look combinando a roupa com a máscara, na mesma estampa
A joalheira Tereza Xavier adotou o estilo indígena, ela que é grande defensora dos índios

Uma pintura!

Abapuru, o quadro mais famoso e mais valioso do Brasil, que Tarsila do Amaral pintou para dar de presente de aniversário para o marido Oswald de Andrade em janeiro de 1928, foi reinventado pelo mineiro Roberto Vascon em couro, material em que ele é mestre. Nos anos 80, ficou conhecido como o Mago das Bolsas e conquistou o mundo. Hoje, além das bolsas, faz tapetes e reproduções de quadros em couro, como este. 

Pipocando

. Lembram do drive-in da Lagoa? O novo corona vírus causou a volta dos drive-in. Nasce o ‘LoveCine Drive-in’, prometendo muita diversão em meio a pandemia, respeitando todo o distanciamento e as medidas preventivas determinadas pelas autoridades competentes. O cinema faz parte de um conjunto de atividades que vai acontecer no estacionamento da Jeunesse Arena, na Barra, entre 28 de maio e 28 de junho, de quinta a domingo, com três sessões por dia,com duração de quatro horas cada. A capacidade é de 180 carros por sessão e o valor do ingresso, R$ 100 por veículo. Sextas Românticas, sábados de Suspenses e domingos de Glória são alguns dos temas criativos que farão parte da vida dos cariocas neste curto período de 20 dias. Do happy hour à madrugada, as atrações circulam desde musicais infantis, DJs, covers entre outros. O projeto é uma extensão do que os idealizadores já promovem o ano todo, como o Camarote Allegria, Réveillon do Morro da Urca e do Hotel Nacional.

 . Há 12 anos no Brasil, a Brasil Restaurant Week, que acontece de 8 de maio a 7 de junho, vai promover a ação Delivery Solidário  para ajudar as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social em meio à pandemia do novo coronavírus. Quem comprar o menu Restaurante Week, com entrada, prato principal e sobremesa, estará contribuindo para a doação de uma refeição para pessoa necessitada, além de estar incentivando o comércio local e a manutenção de empregos. A medida é uma forma de manter os restaurantes ativos durante um período em que o isolamento social afetou drasticamente o consumo. São mais de oito cidades participantes, entre elas São Paulo, Recife, Salvador, João Pessoa, Rio de Janeiro, Santos, Campinas, Curitiba e Belo Horizonte. No Rio, o menuterá valor fixo de R$ 53,90. Para conhecer todos os restaurantes participantes, basta entrar no site restaurantweek.com.br, que também disponibilizará os menus do evento e informações de como realizar os pedidos.

. O impacto do coronavírus na saúde das pessoas vai além da própria doença. A Med-Rio Check-up registrou que, com a pandemia, a taxa de pacientes com estresse aumentou de 65% para 87%. O percentual dos que sofrem de ansiedade cresceu de 18% para 36% e dos que padecem de insônia, de 23% para 35%. Além disso, 29% confessaram que passaram a se automedicar. Antes, a taxa era de 12%. O estudo foi feito com trezentos pacientes que fizeram check-up. 

Diretor médico da Med-Rio e especializado em medicina preventiva, Gilberto Ururahy afirma que a tensão do isolamento tem feito as pessoas se tornarem sedentárias, se alimentarem mal, além de terem dificuldade para dormir. “É preciso estar com a saúde em dia e a imunidade em alta para reduzir as chances de contaminação ou de desenvolver a doença na sua forma mais grave. Para isso, adotar um estilo de vida saudável é imprescindível, o que passa por uma alimentação equilibrada, que reduza o consumo de sal e açúcar, mas que inclua uma variedade de frutas e vegetais, alimentos ricos em ômega 3; pela prática de exercícios físicos e por ter um sono adequado. Também é importante zelar pela saúde mental. Valorizar o tempo com a família contribui para reduzir o impacto psicológico do isolamento. E realizar atividades que ajudem a estimular o cérebro. Leitura e jogos como passatempos são exemplos de atividades simples e que ajudam a ocupar a mente.”

saiba antes via instagram @amaisinfluente