Ana Cristina Rosado 

Ana Cristina Rosado: Bela homenagem

Domingo será celebrado o Dia dos Pais aqui no Brasil. Em cada país, esse dia é comemorado de acordo com o seu próprio calendário. Assim, a coluna convidou sete pais incríveis para representar, da forma mais sincera, aqueles que sempre dedicaram sua vida, com amor e cuidado, aos filhos. E, principalmente, aproveito este momento para homenagear o meu pai Elmar França, 81 anos, engenheiro, lutador de jiu-jitsu e jogador de vôlei, pai da Ana, do Marco, do Carlos e do André. Um exemplo de ser humano!

Scott Hamilton, cônsul-geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, pai do Kyle

“Ser pai é o maior e ainda o trabalho mais difícil do mundo. Significa amar incondicionalmente, apoiar e orientar os filhos. Um pai deve ser amigo de seus filhos, mas o mais importante é que ele deve moldar o comportamento e opções deles de maneira positiva. Ser pai significa modelar o comportamento, a integridade, a estabilidade emocional e as escolhas que você gostaria que seus filhos adotassem. Significa educá-los, a respeitar a si mesmos e a tratar os outros com respeito. Hoje, uma masculinidade positiva permite que meninas e meninos sonhem seus maiores sonhos, e saibam que seu pai está ali para apoiá-los ou pegá-los se eles caírem. E se caírem, incentivá-los a se levantar e tentar novamente. Eu amo esse trabalho.”

Paulo Pimenta, jornalista e CEO da bpmcom, pai da Maria Filipa e do Antônio Bento

“A figura do pai vem aos poucos ganhando um espaço maior dentro do seio familiar. Padrões que ditam que o lugar do pai é trabalhando, e da mãe é em casa, já são vistos como ultrapassados pela da nova geração. Infelizmente, vivemos dentro de uma cultura patriarcal formada pela família tradicional brasileira. Eu sou pai e meu dever e obrigação é cuidar dos meus filhos com amor e dedicação. E não somente sustentá-los. Cuidar dos meus filhos é o que me torna pai.”

Rafael Higashi, médico, neurologista e nutrólogo, pai da Catarina

“Ser pai nos seus primeiros meses é um exercício de humildade, saber que você não tem o que é mais desejado pelo seu bebê, o peito. É sentir-se o Dino, o pai do Baby, aquele da Família Dinossauro, lembra-se? O famoso “Não é a mamãe”… Mas de repente as coisas começam a mudar, um olhar, um sorriso e a prova de que eu precisava para saber que eu sou importante também, o choro quando o papai sai pra trabalhar. A minha história como pai não pode ser tão longa, pois Catarina acabou de completar um ano, mas espero poder acrescentar muitas e muitas linhas desta história sobre ser pai nos próximos anos.”

Bayard Boiteux, vice-presidente executivo da Associação dos Embaixadores de Turismo do Rio, pai da Ingrid

“Ser Pai. Amar e educar. Não impor nada. Vibrar com emoção e com tanta alegria, fazer da filha uma amiga. E poder confidenciar feridas e emoções. E ter um sentimento de pertencimento cheio de incertezas, mas com convicções de um amor eterno. Agradeço diariamente por ser pai e ter uma filha abençoada, que só me dá alegria e solidariedade!”

César Figueiredo, sócio-diretor do Diário dos Acionistas, pai do Caio

“O Dia dos Pais é também o Dia do Amigo para mim. Ter um filho já é uma dádiva por si só. Mas ele se transformar no seu melhor amigo é um presente divino. Caio Cesar, hoje com 30 anos, foi uma criança doce e alegre. Meu melhor parceiro de videogame, de viagens e maratonas de séries. Ele só me enche de orgulho. Apesar de suas conquistas profissionais, sua personalidade continua gentil e sensível aos problemas de nossa sociedade, se engajando nas lutas contemporâneas para dar voz e lugar a todas as minorias. Queria ser médico, mas no final seguiu a minha profissão e de minha esposa. Publicitário formado pela PUC, se especializou em Marketing Digital e trabalhou em grandes empresas, como na canadense Brookfield e na francesa L’oreal. A comemoração será virtual. Ele trabalha na sede do Google na Califórnia e não vai dar tempo de chegar para o almoço deste ano. Mas como ele é o maior presente da minha vida, a minha felicidade é imensa.”

Marcelo Tesserolli, professor e diretor da Rio PrivateTour, pai da Mariana e do João Pedro

“Agradeço diariamente pela oportunidade de conviver com meus filhos João Pedro e Mariana, guiando, ensinando, orientando, mas sobretudo aprendendo cada vez mais. A função paterna não vem com receita pronta e requer grande responsabilidade e amor incondicional. Espero sempre estar presente e poder orientá-los não somente a percorrer os melhores caminhos, mas sobretudo a prepará-los a trilhar as adversidades da vida com segurança, generosidade e autoconfiança.” 

Luiz Victor Carneiro, cirurgião plástico, pai do Vitor e da Gabriela

“No Dia dos Pais além das comemorações, temos um momento para vermos como nosso papel é importante para os filhos. Tenho dois filhos, um rapaz de 15 e uma jovem de 13. Soa falso rapaz e jovem, para mim até os 60 anos serão minhas crianças. Mas estão evoluindo e aí reparamos como nosso trabalho está sendo importante. Trabalho prazeroso, mas trabalho dos mais árduos… Não é fácil ser pai…Tentar estar disponível para qualquer conversa, levar no colégio, levar no esporte, mas acima de tudo tentar estar presente na vida deles mesmo o nosso tempo sendo curto e muito corrido… Eu sou privilegiado, consigo participar bastante!  Levo eles ao colégio, meu filho veleja e levo nos treinos além de viajar com ele para algumas competições… fico na retaguarda, mas na torcida. Corremos juntos e algumas vezes acompanho de bike enquanto ele anda de skate… Agora descobriu sinuca e quando os amigos não podem jogar, lá vou eu jogar com ele… A menina é um charme, quando pequena furou orelha só o pai cirurgião plástico podia trocar o brinco… fazia exploração total do pai… Ensinei andar de bike, mas foi crescendo e foi ficando moça, mas sempre que a coisa aperta… “paiiee…” Quando pequenos, lia muito para eles.. Fui estimulando e hoje leem muito, principalmente meu filho… A felicidade de ser pai é enorme, mas não é fácil nem simples; com animação e participação vamos ficando próximos e torna-se uma relação de confiança e satisfação.”

Fábio Jr. anuncia live especial para o Dia dos Pais, com transmissão pela Band e YouTube do cantor

Este ano o Dia dos Pais será mais emocionante do que nunca! Consagrado como um dos artistas nacionais mais importantes de todos os tempos, Fábio Jr. se prepara para a realização da sua terceira live do ano, desta vez em homenagem aos pais. O show virtual será neste 9 de agosto, a partir das 15h45 e terá transmissão simultânea pela Band, Band FM, Nativa FM, Play FM e no canal oficial do artista no YouTube. No repertório, grandes sucessos como “Alma Gêmea”, “Caça e Caçador”, “Só Você”, “20 e Poucos Anos” e, claro, “Pai” – que tem a composição assinada por Fábio Jr.

Dica de Presente

Se você ainda não comprou o presente do seu pappy, a Bloise Petit está com uma série de mimos deliciosos para todos os gostos. São cestas de café da manhã, almoços e até aperitivos. Mais informações: 21 96701-4964 ou @bloisebuffet

Papais vaidosos: conheçam os tratamentos estéticos mais populares entre os homens

Já não é segredo para ninguém que os homens estão cada vez mais vaidosos. Nestes últimos anos, eles têm visto que cuidar da aparência é algo que vai além do próprio bem-estar. “É uma maneira de melhorar o marketing pessoal e aumentar a confiança”, afirma o dermatologista Victor Bechara.

Pesquisas apontam que o mercado de beleza masculina, que inclui cosméticos e fragrâncias, vai valer cerca de 60 bilhões de dólares em 2020, de acordo com a Euromonitor. Os tratamentos estéticos e as cirurgias plásticas também têm tido mais adeptos: nos últimos anos, houve um aumento de cerca de 400% dos procedimentos realizados em homens, como mostram dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Segundo estudo publicado no Journal of Clinical and Aesthetic Dermatology, a maior procura do público masculino é por procedimentos não-cirúrgicos, como aplicação de toxina botulínica, preenchimento com ácido hialurônico e bioestimuladores de colágeno.

De acordo com Victor, a grande razão por trás da popularidade dos tratamentos dermatológicos é a melhora da autoestima, somada à funcionalidade. “Com frequência, os homens buscam procedimentos de menor duração, sem a necessidade de anestesia geral e com o curto tempo de recuperação, para que não precisem ficar afastados de suas rotinas. Os pacientes chegam ao consultório querendo ganhar uma nova confiança por meio de uma aparência mais jovial e bem cuidada”, conta.

Mas, afinal, o que os homens querem tratar?

Cicatrizes de acne

As cicatrizes de acne são marcas de difícil remoção, que tendem a surgir após quadros inflamatórios, podendo piorar quando há casos de manipulação indevida das lesões. Elas podem ter diferentes aspectos, das mais superficiais até as mais profundas. “Diversos procedimentos são capazes de amenizar essas marcas. Esses tratamentos visam o aumento do colágeno local e o remodelamento do preexistente. Os destaques são o microagulhamento, que gera um estímulo regenerativo da pele, os lasers ablativos e não ablativos fracionados (como o laser de CO2 e o laser Erbium Glass), que induzem a produção de colágeno, e os peelings, que promovem a renovação celular e, quando mais profundos, o remodelamento dérmico”, pontua o especialista. A recomendação do melhor procedimento vai depender do tipo de cicatriz apresentada, do fototipo do paciente, dos tratamentos prévios e das medicações em uso. “Também é muito comum a associação de diferentes técnicas para resultados mais satisfatórios”, ressalta.

Calvície

A vaidade dos homens está muito ligada ao cabelo. Também conhecida como alopecia androgenética, a calvície masculina é, na maioria das vezes, determinada por herança genética, mas pode ser influenciada por estresse, questões hormonais, deficiências nutricionais e o uso de determinados medicamentos. Os primeiros sinais seguem alguns padrões característicos, como as “entradas” e a diminuição dos fios no topo da cabeça. “A mesoterapia capilar é uma técnica utilizada para tratar a calvície, que ocorre devido a diferentes fatores, dentre eles, o estímulo inibitório ao crescimento do fio pelos hormônios masculinos no folículo. O tratamento é feito a partir da aplicação – diretamente no couro cabeludo – de substâncias que estimulam o crescimento e fortalecem a haste capilar. Normalmente, são realizadas sessões com intervalos mensais, dependendo de cada caso”, explica o dermatologista.  Por se tratar de um procedimento realizado diretamente no couro cabeludo, os resultados complementam o tratamento oral – tais como inibidores de 5 alfa redutase (finasterida / dutasterida) que, junto ao minoxidil loção, ainda são padrão ouro no tratamento da doença. Os efeitos podem ser vistos a partir de dois a três meses.

Simetria do rosto

“A masculinização do rosto é alcançada por meio do aumento dos ângulos faciais. As proporções do queixo e mandíbula masculinos são diferentes em comparação com as das mulheres. Geralmente, no homem, a região é mais larga e projetada”, conta Victor. O preenchimento com ácido hialurônico é utilizado para repor o volume à área, redefinindo contornos da face. “A técnica é ideal para proporcionar mais angulação à mandíbula e dar mais amplitude e projeção ao queixo. Podemos colocar quantidades variáveis da substância, que é biocompatível, de acordo com avaliação de medidas faciais individuais. Dessa forma, é possível personalizar um tratamento específico para cada paciente e obter resultados mais naturais”, conclui.

saiba antes via instagram @amaisinfluente