PUBLICIDADE

carreiramotivacional

Dia Internacional da Mulher: 3 empreendedoras para você se inspirar!

Após anos de luta por igualdade em diversos setores da sociedade as mulheres conquistaram um considerável espaço no cenário nacional e mundial, mas a ideia é ir além do que já foi alcançado. Hoje, muitas empresas colocam as mulheres em cargos de liderança coisas que décadas atrás não se era nem cogitado.

Outra vantagem é que as mulheres estão se arriscando mais no mundo empresarial, elas estão abrindo o seu próprio negócio e fazendo suas próprias regras. A cada ano que passa o número de mulheres autônomas e empreendedoras cresce no Brasil. De acordo com o SEBRAE, o País possui cerca de 7,3 milhões de empreendedoras. Além disso, nos últimos 10 anos o número de negócios fundados pelo sexo feminino aumentou 21,4%. Os segmentos de interesse são distintos vão desde moda e acessórios até eventos e TI.

“Vivemos em uma sociedade machista, mas isso não pode nos calar. Ser mulher no Brasil é difícil não só em questões salariais, mas também questões religiosas, sexuais, entre outros. A cada dia que passa a mulher fica mais ativa e presente dentro da sociedade”, menciona a educadora e CEO da Minds Idiomas, Leiza Oliveira.

Veja abaixo três empreendedoras de segmentos completamente diferentes que conquistaram o tão sonhado sucesso empresarial.

Sabrina Nunes – Ex- cortadora de canaA empreendedora Sabrina Nunes, CEO do maior e-commerce de semijoias do Brasil iniciou sua carreira com vendas de picolés, roupas, foi garçonete e até cortou cana em Mato Grosso do Sul. A empresária mineira investiu 50 reais para vender bijuterias em um site terceirizado e após o sucesso resolveu criar sua própria loja online. Deu certo! Em um ano ela faturou o seu primeiro milhão.

Leiza Oliveira – ex-costureira de lingerieLeiza Oliveira, dona de uma rede de escola de idiomas, começou a carreira de empreendedora costurando e vendendo lingeries para amigos e parentes com objetivo de fazer uma renda extra. Hoje, a rede está com cerca de 70 unidades espalhadas pelo Brasil. A escola promete um curso enxuto de 18 meses para quem pretende aprender inglês de forma rápida.

Ana Gomes e Lívia Mangini – Estudantes que começaram em um quartoA agência de eventos corporativos que nasceu em um quarto, pois as amigas de faculdades não tinham como arcar com despesas de aluguel, ficou no cômodo durante 2 anos. A Magnólia nasceu em 2011 e já cresceu 590%. O diferencial da Magnólia é a atenção que cada colaborador oferece ao cliente. Além da consultoria durante todas as fases do evento corporativo, a agência disponibiliza para o cliente o acesso a uma plataforma online para que ele acompanhe o passo a passo da concretização do trabalho.

Fotos: Divulgação

PUBLICIDADE