PUBLICIDADE

cabelo

A vez dos grisalhos: fios naturais ou não ganham a vez entre elas

Por Miriam Temperani

Se tem uma coisa que na pandemia passou de falta de opção para tendência foi a transição dos fios coloridos para os brancos e grisalhos. Reclusas em casa, muitas mulheres pararam de tingir os fios e gostaram do viram no espelho. Com a reabertura dos salões o visual mais pedido foi o natural. Teve quem cortou para tirar toda parte tingida e teve quem mudou o tom para adotar o grisalho por completo, assim como fez a atriz Samara Felippo, em uma linda transformação que deu o que falar.

Mas a verdadeira moda é uma só: se assumir do jeito que é, o que para as brasileiras é uma quebra de paradigmas e tabus muito maior do que se imagina. “A tendência é, na verdade, a transição para os fios brancos naturais e emponderar, se libertando das químicas e retoques de raiz.” explica o hairstylist Regis Lissat, do salão Sense 543, em São Paulo.

Para aquelas que aderirem ao novo visual a dica do especialista é uma só: investir pesado em cuidados. “Quem tem os cabelos grisalhos deve ter o cuidado de lavar com produtos apropriados para esse tipo de fio, de preferência com sistema silver, que previne que os fios não amarelem e manter cuidados mais profundos no salão, como reconstrução e hidratações mais potentes”, indica Lissat. E ele reitera: “Essa tendência veio sim para ficar. É bonito ver uma mulher de cabelo branco e não ter rugas, sinal que ela se assume. É preciso muita paciência e auto aceitação para chegar no branco original e se sentir poderosa”.

PUBLICIDADE