PUBLICIDADE

Sandra Tacla

Sandra Tacla: SOS Rosácea

Vermelhidão facial: não é insegurança, não é

vergonha, não é bebida; ela pode ser rosácea!

A marca francesa de acompanhamento dermatológico do Grupo Naos, Bioderma, lança no Brasil uma campanha para aumentar a conscientização sobre a prevalência e as consequências físicas e psicológicas da Rosácea. Criada com o apoio de dermatologistas, a campanha SOS Rosácea surge para acabar com os estigmas que recaem sobre a doença, a necessidade de diagnóstico e tratamento, o que contribui para o conforto e a qualidade de vida dos pacientes.

Para aumentar o acesso a informações dermatológicas corretas e assertivas, a Bioderma criou em parceria com dermatologistas o site www.sosrosacea.com.br, voltado para pessoas que buscam mais informações sobre a patologia, que estão em fase de descoberta ou já sabem que têm rosácea há um tempo. Na página, é possível ainda fazer download gratuito do e-book SOS Rosácea – um guia prático com informações, que ajudam o leitor entender melhor a doença e a importância de respeitar a biologia natural da pele.

Para dar uma narrativa positiva a esta condição de pele, a iniciativa ainda dá vida à personagem fictícia chamada Rose, uma publicitária de 31 anos que revela sua experiência pessoal para inspirar outras pessoas. Esses relatos percorrem uma jornada de autoconhecimento desde a descoberta da rosácea, os tratamentos, as dúvidas frequentes sobre skincare e até dicas de maquiagem.

Você sabe o que é rosácea?

A rosácea é uma doença crônica e inflamatória que não tem cura, mas tem controle. Alguns dos sintomas envolvem vermelhidões temporárias, conhecido como flushing, telangiectasias (pequenos vasinhos) e pode evoluir para vermelhidões permanentes e pústulas. A Rosácea pode impactar física e psicologicamente o paciente, pois seus sintomas podem ser confundidos com outros estados – vergonha, insegurança, se a pessoa ingeriu álcool e ficou vermelha, ou mesmo se não tem cuidados pessoais adequados. Por isso, a campanha SOS Rosácea quer valorizar a autoestima dos pacientes associando à rotina de cuidados indicada por dermocosméticos.

PUBLICIDADE