PUBLICIDADE

mulher do dia

Débora Máximo: ser rico nos tempos atuais

Débora Máximo

Nascemos com um mundo pela frente e, nos primeiros segundos de vida, parece que tudo e todos estão para nos servir, dando a impressão que o mundo gira somente ao nosso redor. Somos como reis e rainhas que não precisam pensar para que as coisas aconteçam. Temos o leitinho a cada três horas, troca de fralda com muita rapidez e ainda temos um colo quentinho que nos balança com delicadeza para adormecer. Para que mais?

Um sonho de vida, até que alguém nos coloca na escola e, assim, começamos a aprender que aquele mundo não é só nosso e a competição é grande. Momentos difíceis de muito desafio e aprendizado para quem precisa conquistar seu espaço achando que já o tem.

Trata-se do conflito de uma realidade difícil até para os que já são adultos, pois até hoje vivemos esse mesmo desafio em circunstâncias diferentes. Muitos de nós não consegue lidar com isso muito bem, limitando as oportunidades da vida só para não ter que passar por isso novamente e se acomodam no pouco que conquistaram.

No entanto, a maioria de nós inicia a vida com a ideia de ser rico o bastante para se aposentar aos 62 anos ou mais e só então aproveitar a vida, realizar sonhos, viajar o mundo e conhecer pessoas. Haja disposição para isso tudo só no final, quando não se sabe se teremos saúde para isso! Precisaria de outra vida para colocar em dia a lista que tenho.

Indignado com esse pensamento, Timothy Ferris empresário e palestrante, escreveu o livro “Trabalhe 4 horas por semana”, lançado em 2007 e que alcançou a liderança na relação de best-sellers do New York Times e do Wall Street Journal. Ele observou que as pessoas que chegam ao topo não são mais aquelas de grandes feitos, mas aquelas que descobrem a forma mais rápida de alcançar seus objetivos.

“Tenha em mente que a única coisa que realmente importa à maioria das pessoas é o resultado final”. Não é à toa que ele é campeão nacional de kickboxing. E não é só: foi finalista de campeonato de tango na Argentina, é detentor do recorde mundial de giros por minuto no Guinness Book, foi ator em seriado de TV na China, pratica arco e flecha andando a cavalo, tornou-se um business angel e consultor para startups.

Ferris criou estratégias e foi destemido, colocando em prática e alcançando os objetivos, fazendo de tudo para sair da rotina frustrada de produzir para outros, esperando a recompensa somente no final. Ele percebe que a questão não é ser rico para ter uma conta polpuda e, sim, ser rico para ter as experiências de uma pessoa rica e garante que a vida dos sonhos pode ser mais simples do que imaginamos!

Fazendo um resumo breve sobre o livro, onde ele ensina a estratégia completa de como trabalhar menos e viver melhor, vou salientar os 4 pilares mais importantes chamados DEAL.

O D é de definição! Baseia-se em reprogramar o seu jeito de encarar a vida e ter uma nova autoimagem. Agir rapidamente sem deixar para depois o que pode fazer agora, sempre saindo da sua zona de conforto, superando suas limitações e deixando de lado sua mentalidade acomodada. A maneira como nos definimos é traiçoeiro e, com isso, fazemos escolhas medíocres e nos leva a acreditar que só podemos ter uma parte e não o todo. Enquanto o acomodado pensa em se aposentar, o jovem rico pensa em ter aventuras constantes e mini aposentadorias planejadas durante a vida e o foco nunca é não fazer nada, pois o valor do dinheiro deve ser pesado pela capacidade de escolher o que você quer fazer, definindo quando, onde e com quem.

Eliminação: Foque na eliminação de desperdícios. Tarefas não importantes tomam o tempo. Mesmo que você seja eficiente, seu tempo é mais bem gasto fazendo tarefas importantes que o trarão para perto do seu objetivo. É importante ter foco.

Automação: Existem tarefas que tomam mais tempo e precisam ser delegadas para terceiros capacitados. Nessa hora é importante a clareza na comunicação apresentando suas expectativas e deixando que outras pessoas trabalhem e invistam o tempo deles e não o seu.

Libertação: Crie sua independência e trabalhe de qualquer lugar. Pare de acreditar que, para alcançar algo, é necessário percorrer uma escada longa e lenta. As pessoas gostam de acreditar nisso. Essa é a realidade que o mundo espera. Ser rico não é ganhar dinheiro para gastar com coisas sem sentido. Significa não atrasar os seus sonhos por uma possível barreira. Encontre suas prioridades e você encontrará seu estilo de vida.