PUBLICIDADE

4.0 - MANUAL

Faça as pazes com a balança

As pessoas estão mais pesadas e em muitas situações a grande desculpa é a falta de tempo, atrelada a praticidade das comidas prontas e a vida sedentária. Mais da metade da população esta acima do peso e todos querem a receita milagrosa do emagrecimento sem esforço.

A pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas mostrou que 52,5% da população esta acima do peso e 17,9% são obesas.

As dietas milagrosas são as mais buscadas na hora do desespero e os números de pesquisa do Buscador Google comprovam que as pessoas querem a formula do sucesso. Os números são interessantes, de acordo com o Google 201 mil pessoas buscam pela palavra “dieta” mensalmente. Quase 50 mil pessoas perguntam para o Google “Como emagrecer”, e 74 mil colocam nas pesquisas “Como emagrecer rápido”. No mês de março desse ano foram feitas 1.748.780 pesquisas relacionadas a ‘emagrecimento’ no Google.

As dietas aparentemente são o ponto de partida de quem deseja mudar o seu corpo, mas é preciso que o desejo de mudança aconteça internamente e a pessoa busque ajuda, explica o Coach Antonio Moraes, da You Can Coaching. “Os maiores desafios para quem deseja fazer as pazes com o espelho são a mudança de atitude, hábitos e aprender a lidar com os fatores externos. Além do processo de aceitação, é preciso entender que a ajuda é imprescindível. Em muitos casos o indivíduo dá o primeiro passo sozinho, mas no decorrer do caminho percebe que a ajuda é fundamental para atingir seu objetivo”.

A mudança alimentar não consiste apenas em mudar o cardápio do dia a dia. Precisamos identificar como é a relação do cliente com a comida, e quais são os gatilhos que o impulsionam a alimentar-se de forma inadequada. Também trabalharemos com as crenças e bloqueios, que impedem que ele saia da zona de conforto e entre em ação.

É a mente quem realmente faz os ponteiros da balança se mexerem, e não apenas sua mudança alimentar, explica o Coach Antonio Moraes. “A mente é responsável por toda a mudança, seja ela alimentar, de posicionamento ou qualquer outra. É necessário que fique claro para a mente o porquê, o real motivo, para que ela se torne sua aliada nessa transformação”. A mudança da mente pode acontecer de forma natural a partir do momento em que a pessoa começa a avaliar a sua relação com a alimentação, e passa a entender seus pontos fortes e fraquezas. O coaching de emagrecimento é um grande aliado para garantir o sucesso dessa jornada.

“O programa de coaching de emagrecimento atua exatamente no entendimento para que a pessoa possa compreender os motivos que o levaram a chegar a seu corpo atual e entender quais são as reais motivações para realizar a transformação”, explica Sol Moraes.

O coaching de emagrecimento se baseia em cinco princípios sendo eles: foco, planejamento, ação, melhoria contínua e resultado.

1. Foco no coaching de emagrecimento: o primeiro ponto é avaliar quais são os objetivos em relação a perda de peso e focar no que realmente interessa.

2. Planejamento no coaching de emagrecimento: a partir do momento que o individuo sabe o que ele deseja nós traçamos o planejamento para que seja possível atingir o tão sonhado número menor na balança.

3. Ação no coaching de emagrecimento: agora é a hora de agir!

4. Melhoria contínua no coaching de emagrecimento: a mudança comportamental é uma mudança interna para a vida toda. Inicialmente o foco era emagrecimento, mas no meio do caminho a pessoa passa a se entender melhor e consegue perceber que a sua atitude mental é quem determina o sucesso.

5. Resultado no coaching de emagrecimento: os objetivos que foram traçados acabam sendo conquistados e a mudança é para o resto da vida. O número da balança não é o fator mais importante. O que realmente vale é ser feliz com as suas conquistas.

O principal objetivo do coaching de emagrecimento é no processo detectar as forças e fraquezas para atuar de forma estratégica reforçando as forças e entendendo como é possível superar as fraquezas. Desta forma é possível encontrar quem são os sabotadores internos e externos de cada pessoa e mostrar que é possível não desistir no meio do caminho.

A partir do momento que o primeiro passo é dado o individuo passa a entender que ele é o único responsável pelos números da balança e que a falta de tempo é apenas uma desculpa para não entender quem ele é verdadeiramente e como a alimentação é o seu aliado por uma vida melhor.

Fotos: Reprodução