PUBLICIDADE

zapping

Facebook bani foto de modelo plus size e recebe críticas

O Facebook foi alvo de críticas após banir uma foto de Tess Holliday, modelo plus size, garota-propaganda de uma mesa redonda sobre “feminismo e gordura’, do grupo australiano Cherchez La Femme. A ação questionável da rede social aconteceu com a exclusão da foto abaixo, escolhida para o pôster do evento marcado para o dia 7 de junho, por mostra o corpo de forma ‘indesejável’.

1463712277444-large_transqbymlwmnssykmyfvdyjgruhqvb2ufjw03qidnndmhga

De acordo com o Facebook, a imagem não foi aprovada pelo “Health and Fitness Policy” (política de saúde e bem-estar) da rede social. “Anúncios não podem retratar o corpo de uma mulher como perfeito ou extremamente indesejável”, diz o comunicado. “Esse tipo de foto deixa as pessoas se sentindo mal. Em vez disso, recomendamos que você poste uma imagem relevante ao tema, como alguém correndo ou andando de bicicleta”.

A atitude gerou uma discussão na internet, principalmente pelo termo ‘indesejável’. “A única coisa que eu li diversas vezes foi a palavra ‘indesejável’, o que pra mim não parece nada relacionado a saúde”, disse um seguidor. “Indesejável pra quem exatamente?”, questionou outra internauta. “Mark Zuckerberg, essa reposta é legítima?” outro questionamento feito por uma seguidora.

A modelo também se pronunciou após o ocorrido. Tess não ficou contente e comentou “Só porque somos plus size não significa que temos que provar que somos saudáveis, do mesmo jeito que uma mulher com o biotipo menor do que o nosso, ou tamanho padrão, não é obrigada. Devíamos poder apenas existir em nossos corpos”.

Tess está grávida de sete meses:


 

PUBLICIDADE