PUBLICIDADE

5.0 - MODA

Grupo dono da Gucci quer aumentar a representatividade feminina

O grupo Kering, que comanda as marcas como Gucci, Yves Saint Laurent e Balenciaga, deve aumentar a representatividade feminina em seu conselho na próxima reunião geral. O anúncio de três mulheres, caso seja aceito, aumentará a representatividade para 64%.

Sapna Sood, Sophie L’Hélias e Laurence Boone foram as mulheres nomeadas e caso assumam, o conselho do grupo passará para 11 membros, sendo sete mulheres e quatro homens.

“Essas nomeações refletem o comprometimento a longo prazo da Kering de ter mulheres em todos os níveis do grupo”, disse um comunicado liberado à imprensa internacional pelo grupo, que conta com 58% de funcionários e 51% de gerentes do sexo feminino.