PUBLICIDADE

1.0 - FAMOSOS

Jogadoras de futebol lutam pela igualdade de salário

Alguns nomes do futebol feminino entraram com uma ação judicial contra o governo do país em busca da equiparação salarial. O processo surgiu após advogados contratados pelas atletas alegarem que elas ganham quatro vezes menos do que a seleção masculina.

Na luta estão a goleira Hope Solo e as jogadoras Carli Lloyd, Becky Sauerbrunn e Alex Morgan. Em entrevista ao jornal LA Times, a goleira demonstrou sua indignação. “Os números falam por si só. Nós somos as melhores do mundo, temos três Copas do Mundo, quatro Olimpíadas e eles [os homens] ganham mais para apenas aparecer do que nós ganhamos para vencer grandes competições.”

De acordo com o documento, as mulheres ganham 1.350 dólares caso ganhem amistosos e nada em caso de empate ou derrota. Já os homens embolçam 12.500 dólares  se vencerem,  6.250 dólares em um empate e 5.000 dólares em caso de derrota.

hope-solo-estados-unidos-1350938256299_956x500

 

PUBLICIDADE