PUBLICIDADE

Miriam Freitas

Miriam Freitas: Viola Davis divulga ‘A Mulher Rei’ ao lado do marido no Copacabana Palace Em sua primeira visita ao Brasil

Hospedada no Copacabana Palace com o marido, Julius Tennon, para a divulgação do longa, Viola  concede entrevista em uma coletiva de imprensa e responde as perguntas.

Viola fala sobre toda preparação antes das gravações e sua luta por representatividade.

Viola falou da importância de um filme com protagonismo de mulheres negras. 

Sinopse:    

A Mulher Rei é uma história memorável da Agojie, uma unidade de guerreiras composta apenas por mulheres que protegiam o reino africano de Daomé nos anos 1800, com habilidades e uma força diferentes de tudo já visto. Inspirado em eventos reais, A Mulher Rei acompanha a emocionante jornada épica da General Nanisca (a atriz vencedora do Oscar Viola Davis) enquanto ela treina uma nova geração de recrutas e as prepara para a batalha contra um inimigo determinado a destruir o modo de vida delas. Algumas coisas valem a luta.   

Estreia: 22 de setembro  

Com uma carreira brilhante em Hollywood, a norte-americana Viola Davis desembarcou no Brasil pela primeira vez para divulgar “A Mulher Rei“, seu mais novo filme como protagonista.

Vencedora do Emmy, do Tony e do Oscar, a atriz chega a ter mais indicações na história da maior premiação do cinema e cita várias vezes sua representatividade ao pisar em solo brasileiro.

Em entrevista concedida ao Fantástico, Viola afirmou a importância do Brasil para a narrativa do filme que protagoniza.

Mais de 1,5 milhão de pessoas escravizadas foram levadas da região onde ficava o Reino de Daomé para as Américas, entre os séculos XVI e XIX. A região só perde para Angola em números de escravos trazidos para o Brasil.

Foi bom estar na África. Não seria possível recriar aquilo em um estúdio em Los Angeles. Toda vez que eu vou à África, eu sinto como se estivesse indo para casa. Eu não tenho aquela sensação de sempre ter que me explicar para alguém”

 A atriz tem aproveitado a viagem para conhecer um pouco da cultura do país e conhecer pontos turísticos do Rio de Janeiro.

Viola também compartilhou nas redes sociais uma série de fotos ao lado de artistas brasileiros negros.

Em 2019, Taís Araújo estava nos Estados Unidos representando o Brasil em uma homenagem a Denzel Washington quando foi convidada a visitar a casa de Viola Davis. Dois anos depois, a situação se inverteu e a brasileira recepcionou a americana em sua casa.

 O encontro aconteceu na casa de Lázaro Ramos e Taís Araújo, onde a atriz esteve na noite do domingo junto a nomes como Iza, Ícaro Silva, Seu Jorge, Djamila Ribeiro e Zezé Motta.

“Eu tive o privilégio de assistir o filme na pré-estreia e participar da coletiva de imprensa” 

Imperdível! 22/09/2022

 

Por: Míriam Freitas 

Colunista Social