PUBLICIDADE

zapping

Mulher com doença degenerativa organiza festa de despedida

Besty, uma americana de 41 anos, convidou os seus amigos e familiares para uma festa de despedida. A festa tinha uma regra: não chorar na frente dela. Isso porque a americana sofria de esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa sem cura, e decidiu optar pelo suicídio assistido.

betsy-amigas

Antes de submeter-se ao procedimento, assistido por médicos, Betsy reuniu cerca de 30 convidados para passar um fim de semana junto com ela. No evento, comida, música e um telão onde passou o filme preferido de Betsy.

betsy-amigos

Ao fim, os amigos deram um beijo de despedida e tiraram fotos juntos. Betsy foi conduzida para perto das montanhas e tomou os remédios recomendados pelos médicos. A irmã da americana comentou sobre a despedida, “é claro que foi difícil para mim, ainda é. Mas as pessoas entenderam, elas sabem que ela estava sofrendo e que estava tranquila com sua decisão, disse Kelly sobre a despedida.