4.0 - MANUAL

Projeto oferece serviços gratuitos e educativos sobre câncer de mama

Hoje, já não basta apenas vestir rosa ou iluminar monumentos. Disseminar informações de qualidade para toda a sociedade e acolher pacientes e familiares é o que faz a diferença quando o assunto é câncer de mama, o tumor mais comum entre as mulheres. Pensando nisso, o Coletivo Pink abre suas portas neste mês para oferecer serviços e atividades educativas ao público, além de workshops para pacientes e famílias que enfrentam a doença.

Com atividades gratuitas e abertas à sociedade aos sábados e domingos, além de uma programação para as pacientes e familiares às quintas e sextas-feiras, o Coletivo Pink funcionará até o final de outubro. No site oficial do projeto é possível conferir a agenda e se inscrever nas oficinas que exigem reserva de horário ou dispõem de vagas limitadas. Esse é o caso do Escape Pink – atividade interativa em que cada visitante será convocado a desvendar informações sobre a doença de forma criativa e educativa e dos debates, aos domingos, que abordarão temas como prevenção e mitos e verdades sobre a doença.