PUBLICIDADE

1.0 - FAMOSOS

Rainha Elizabeth II exige reunião após ‘Megxit’ e sinaliza nova posição em breve

A monarca britânica, Rainha Elizabeth II, não gostou da novidade trazida por Príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle, e além de se reunir com os demais familiares, já orientou seus funcionários: ‘A rainha, o príncipe de Gales e o duque de Cambridge orientaram suas equipes a trabalharem no ritmo dos governos e do escritório de Sussex para encontrar soluções viáveis ​​e isso deve levar dias, não semanas’.

A família real não aceitou muito bem a decisão anunciada por Meghan Markle e Príncipe Harry de deixarem os postos de membros “seniores” da realeza britânica – apelidada pela imprensa internacional e por internautas de “Megxit”, em uma referência bem-humorada à questão política envolvendo o Reino Unido e a União Europeia. De acordo com fontes da revista “People”, a Rainha Elizabeth II ficou bastante chateada com o neto e decidiu marcar uma reunião às pressas com Príncipe Charles, pai do ruivo, e Príncipe William .
‘Uma grande dor’, define informante

Segundo uma fonte, a matriarca da realeza britânica lamentou não ter sido procurada com mais antecedência pelo casal de duques, que parabenizou Kate Middleton em post na web pelo aniversário nesta quinta (09). “Existe uma grande dor quanto a isso”, definindo como “enorme” a decepção dos demais familiares, que enxergaram a decisão como “fácil de ser evitada”.

Novo posicionamento deve ser anunciado em questão de dias

Pouco tempo depois que os pais de Archie, bebê que estrelou o cartão natalino da família, dividiram com o mundo a novidade sobre seu futuro, o Palácio de Buckingham, residência oficial de Elizabeth II emitiu um comunicado indicando que as “discussões com o duque e a duquesa de Sussex estão em estágios iniciais”. “Nós entendemos o desejo deles de tentar um caminho diferente, mas esses assuntos são complicados e levam tempo para serem trabalhados”, acrescentava a nota. À revista norte-americana, um informante indicou que, em poucos dias, haverá um novo posicionamento. “A rainha, o príncipe de Gales e o duque de Cambridge orientaram suas equipes a trabalharem no ritmo dos governos e do escritório de Sussex para encontrar soluções viáveis ​​e isso deve levar dias, não semanas”, acrescentou.

Informações do Purepeople.