PUBLICIDADE

Sylvia de Castro

Sylvia de Castro: As mães do ano

Por: Sylvia de Castro
Colaboração: Amaro Leandro 

Ela é nossa mãe de todos os dias, de todos os anos de nossas vidas. Mas muito especialmente neste ano de pandemia foi ela que nos consolou, ouviu nossas preces, atendeu nossos pedidos, nos deu amor e esperança em todas as horas de tristeza e incerteza. Nossa Senhora nos deu a mão e cuidou do nosso coração. Obrigada Maria! Nós lhe amamos, nós lhe veneramos em todos os seus muitos nomes, Mãe do céu!
Elas foram incansáveis, batalhadoras, eficientes na guerra contra o vírus. Sacrificaram seus dias, suas noites, suas famílias e arriscaram suas vidas para salvar a de muitos. Levaram cura, levaram carinho a todos que precisavam. São nossas super heroínas. Médicas, enfermeiras, cuidadoras, psicólogas, fisioterapeutas da linha de frente da Covid-19, vocês foram verdadeiras mães para os doentes!

Ser mãe…

Ouvimos mães mais influentes sobre o que é ser mãe, como veem os filhos e o que aprenderam com eles. É nossa homenagem no Dia das Mães a elas, dignas representantes do amor materno, e a todas as mães do Rio, do Brasil e do mundo. Parabéns, felicidades, vocês merecem todo o nosso carinho!
Cristina Aboim entre os gêmeos  Laura e Lucas – “Ser mãe é conhecer amor incondicional para a vida toda. Meus filhos são tudo para mim. Aprendi com eles o verdadeiro significado de amar.
Daniela Fiszpan Kaplan com Gabriela – “Ser mãe para mim é uma bênção. Cumplicidade e amor sem igual. Observadora, decidida e divertida, minha filha é minha grande parceira e nesta pandemia ficamos unha e carne. Ela faz meus dias mais alegres e é meu grande estímulo para lutar por um mundo melhor. Reaprendi com ela a relaxar, a me permitir errar e a simplesmente brincar.”
Lucia Fonseca com Roberta – “‘Ser mãe é desdobrar fibra por fibra o coração’, diz o poeta Coelho Neto. O mesmo poeta também fala que ser mãe é padecer no paraíso,  mas eu digo que ser mãe é ter o coração no paraíso. Minha filha é absoluta e aprendi com ela a vivenciar a beleza da maternidade.”
Maninha Barbosa com Artur, Dandynha, Alexandre, Ana Paula, André e o filho-neto Bartinho – “Ser mãe é a melhor coisa do mundo. Meus filhos são os primeiros planos da minha vida. Vieram para me ensinar a amar mais ainda e agora, com a chegada do meu primeiro netinho Xandinho, uma realização total.”
Cleuba Verri entre Raquel e Heckel – “Ser mãe é o dom sublime da Virgem Maria. Meus filhos são meus presentes abençoados. Aprendi com eles a amar, abençoar e perdoar. “
Isabella Francisco com o filho Ricardo e a neta Ana Clara – “Mãe é um ser superlativo! Ama inteiramente, como se não houvesse amanhã. Meu filho sempre foi meu amor incomensurável. Com ele, aprendi o valor da doação desmedida!”
Myriam Gagliardi com as netas Giulia e Giovanna e as filhas Mucki, Isabella e Alessandra – “Ser mãe é um milagre de Deus. Minhas filhas são únicas, maravilhosas. Aprendi com elas que a união faz a força e o amor familiar é tudo nesta vida.”
Cintia Tenório com a filha Eduarda e a neta Isabela – “O nascimento da minha filha Eduarda me trouxe a dimensão do amor. Gerar um ser é algo sublime! Ainda fui agraciada com uma linda e dedicada filha, amiga, companheira, que me deu uma netinha maravilhosa! Hoje aprendo com ela muitas coisas, pois sempre trocamos ideias nos momentos cruciais de nossas vidas. Muito feliz em ser mãe e reverencio também minha amada mãe Ithys que vive dentro de mim.”

Nina Kauffmann com Hans Erik – “Ser mãe é conhecer a beleza de existir.

Aprendi com meu filho que maternidade é muito mais do que amar. Maternidade é respeito pelo outro. Hans me ensina todos os dias que a vida não é apenas sobre mim, é sobre o outro também. Maternidade é doação, é entrega, é paciência, é gratidão.”

 

Maria Isabel Andrade e Silva com Isabella e Luiz Fernando – “Ser mãe foi a maior emoção da minha vida. Meus filhos são duas pessoas maravilhosas, bons profissionais e muito amorosos. Aprendi com eles a ser mais paciente, tolerante e muito mais responsável. A maternidade consolida o amor.”

 

Ana de Paula com as filhas Patrícia e Andrea e os netos Luana, Sofia Pedro e Clarinha – “Ser mãe é uma felicidade, uma grande realização da mulher. É sentir um amor imenso, é cuidar, é se dedicar com todo o carinho, é educar para que sejam pessoas do bem, respeitando e ajudando sempre os mais carentes. Minhas filhas são um presente de Deus! Uma grande alegria na minha vida. Duas princesinhas quando pequenas e duas companheiras muito amorosas quando adultas. Aprendi com minhas filhas que devemos amar cada um do jeitinho que é. Devemos orientar, sim, mas deixar que sejam felizes à sua maneira. Meu amor por elas é cada dia maior!”
Renata Fraga entre Roberto e Rafael – “Ser mãe é carregar a vida inteira um amor maior que o coração. Meus filhos são meus grandes parceiros, sempre do meu lado. Adoro me divertir com eles.”
Sueli Lobo Lima com os filhos Yasmin, Layla e Fellipe e os netinhos Alexia e Henrique –  “Ser mãe é  a maior realização da minha vida. Gratidão eterna ao bom Deus que me privilegiou com o dom da maternidade. Aprendi com meus filhos que amar é uma troca valiosa entre nós, não existe sentimento mais sublime.”
Dara Chapman Araújo com Ana Carolina – “Ser mãe, em meu caso, é um verdadeiro milagre, uma bênção de Deus. Minha filha é um brilhante! Ela veio para transformar a vida de todos ao seu redor. Aprendi com ela que o tempo passa rápido demais. Graças a Deus, fiz escolhas que me permitiram participar plenamente do dia a dia da vida dela. Aprendi também a abrir mão de muitas coisas, sempre priorizando minha filha.”
Katia Spolavori com os filhos Sofia e Stefanno – “Ser mãe é a completa realização como mulher. Meus filhos são meu tesouro mais precioso. Aprendi com meus filhos a ser um ser humano melhor, a doar meu tempo a eles, que são minhas prioridades.”
Denise Grassi com o filho Daniel e o neto Gael – “Ser mãe é uma emoção sem igual. Meus filhos são meus melhores amigos, meu porto, meu orgulho.

Aprendo todos os dias com eles a ser uma pessoa melhor e principalmente a amar incondicionalmente.”

Bernadete Simonelli com as filhas Carla e Teresa – “Ser mãe é a minha maior realização. Minhas filhas são minha razão de ser e viver. Aprendi com elas que o amor se multiplica e se renova com minhas netas.”

Evento abençoado

Raphaela Severiano Ribeiro e sua tia e madrinha Clara Magalhães abriram uma pop up store no Rio Design Leblon esta semana, que funciona até hoje, das 10 às 22h, para expor, especialmente para o Dia das Mães, as gostosuras da Raph’s Patisserie e os artigos religiosos da Agnus Dei. E a família e amigas foram chamadas para fotos lindas, em homenagem às mamães.
Clara Magalhães com a mãe Marici Trussardi e Nossa Senhora
Gloria Severiano Ribeiro com as filhas
Nicole Abramoff e filha Victoria
Karina Lerner Fernandes e os filhos

Sonhando juntas

A moda tal mãe tal filha é uma tendência que veio para ficar. Vestir a filha com uma roupa igual à sua é uma maneira de interagir e demonstrar carinho. Pensando nessa ligação de afeição e amor entre mãe e filha, Debora Erthal, estilista da Monthal, levou essa tendência para a hora do sono, porque nada mais importante do que dividir os mesmos sonhos…
Maria Kruse, modelo da 40 Graus, produzida por Bruna Franklin, em fotos de Ricardo Veloso
PUBLICIDADE