PUBLICIDADE

Miriam Freitas

Vitrine Filmes marca presença no Festival de Cannes com três longas-metragens na programação do evento e lota sala

Cena do longa-metragem “Retratos Fantasmas”, de Kleber Mendonça Filho

Emocionante a estreia mundial na sessão oficial de ” Retratos Fantasmas“, de Kleber Mendonça Filho no Festival de Cannes! Aplausos calorosos no final da exibição lotada na Sala Agnès Varda. No Brasil o filme deve chegar ao Brasil em agosto com distribuição da Vitrine Filmes que também assina a coprodução.

A Vitrine Filmes está com três longas-metragens na 76ª edição do Festival de Cinema de Cannes, que começa amanhã e vai até o dia 27 de maio. “Os Delinquentes”, coproduzido pela empresa brasileira SANCHO PUNTA, foi selecionado para a mostra Un Certain Regard e será distribuído pela Vitrine. Já “Levante”, longa dirigido pela brasileira Lillah Halla, está na Semana da Crítica; e “Retratos Fantasmas”, novo filme de Kleber Mendonça Filho, terá sua première mundial na Seleção Oficial do Festival, fora de competição. Os dois últimos são coproduzidos e também serão distribuídos pela Vitrine Filmes. As sessões contarão com a presença dos diretores e produtores de cada projeto. Os três filmes chegam aos cinemas do Brasil a partir do segundo semestre de 2023. 

Este é um momento muito importante para mostrar as coproduções da Vitrine. É uma honra estar no maior festival do mundo com filmes de tamanha qualidade. E reforçando que, além das coproduções, seguimos com o trabalho de destaque na distribuição, consolidado desde 2010, fortalecendo o cinema independente brasileiro”, destacam os sócios da Vitrine Filmes, Sílvia Cruz e Felipe Lopes.  

“Levante”, uma coprodução Brasil/Uruguai/França, é o primeiro longa-metragem de Lillah Halla, diretora feminista que estudou em Cuba e fez sua estreia em Cannes com o curta “Menarca” (2020). A trama acompanha Sofia (Domênica Dias), uma adolescente campeã de vôlei que descobre que está grávida e decide recorrer ao aborto, entrando em conflito com as leis de proibição no Brasil. No festival, o filme será exibido nos dias 23/05, às 11h30, 17h e 22h15; e 24/05, às 8h30. A produção foi selecionada para a 62ª Semana da Crítica, mostra que ocorre de 17 a 25 de maio, em paralelo à competição oficial do Festival de Cannes.  

Produzido por Emilie Lesclaux para a CinemaScópio Produções e coproduzido pela Vitrine, “Retratos Fantasmas” é o quinto longa do cineasta Kleber Mendonça Filho. O filme é fruto de sete anos de trabalho de pesquisa, filmagens e montagem, e tem como personagem principal o centro da cidade do Recife como espaço histórico e humano, revisitado por meio dos grandes cinemas que atravessaram o século 20 como espaços de convívio. Ele será exibido em Cannes nos dias 19/05, às 19h15; e 21/05, às 11h15. Este é o terceiro projeto de Kleber Mendonça Filho na Seleção Oficial de Cannes depois de Aquarius (2016) e Bacurau (2019), codirigido por Juliano Dornelles, quando ganhou o Prêmio do Júri.  

Já o thriller “Os Deliquentes”, do cineasta Rodrigo Moreno em uma coprodução entre Argentina, Brasil, Luxemburgo e Chile, conta a história dos bancários Morán e Román, que odeiam a tediosa rotina que levam no centro de Buenos Aires. Um deles comete um roubo e descobre uma alternativa à vida monótona a que estava habituado, mas isso compromete o destino dos dois amigos. Em Cannes, o longa será exibido nos dias 18/05, às 14h (Un Certain Regard); 19/05, às 15h (Séance du Lendemain) e às 9h (Reprise da seleção); e 20/05, às 15h15 (Reprise da seleção).  

A seleção da Un Certain Regard contém filmes originais e ousados que se destacam pela sua estética, visão e narração de histórias. “Os Delinquentes” é o 4º longa de Moreno, depois de ter sido selecionado para a competição oficial da Berlinale em 2011 com “Um Mundo Misterioso” e ter levado o prêmio Alfred Bauer no mesmo festival em 2006 com “O Guardião”.

Por: Míriam Freitas 

Colunista Social