PUBLICIDADE

Miriam Freitas

“Desapega”comédia estrelada por Glória Pires e Maisa com direção de Hsu Chien, o longa chega aos cinemas no dia 9 de fevereiro 

A imagem Filmes acaba de divulgar trailer e cartaz oficiais de “Desapega!”, comédia dirigida por Hsu Chien (“Ninguém entra, ninguém sai” e “Quem vai ficar com Mário?”) e estrelado por Glória Pires e Maisa, que vivem mãe e filha nas telonas. Com estreia marcada para 9 de fevereiro, o longa tem roteiro assinado por Leandro Matos, com colaboração de Glória Pires, Hsu Chien, Bruna Boeing, Victor Michels e Tiago Lima Cunha, e é produzido pela Ruby Produtora em coprodução com Bronze Filmes, Audaz Filmes e Telecine. A distribuição é da Imagem Filmes. 

Bem-sucedida em sua carreira como organizadora pessoal e controlada de seu vício em compras há sete anos, Rita (Glória Pires) é convidada a liderar um excêntrico e divertido grupo de apoio a compradores compulsivos, onde conhece Otávio (Marcos Pasquim), com quem engata um relacionamento amoroso. Tudo está bem, até que recebe a notícia de que Duda (Maisa), sua filha única e melhor amiga, conseguiu uma bolsa de estudos para cursar fotografia em Chicago, nos Estados Unidos, e tem planos de sair de casa. De maneira leve e bem-humorada, o filme aborda a ansiedade da separação como gatilho para uma recaída no consumismo da protagonista. 

Sinopse: Após sete anos controlada de seu vício em compras, Rita (Gloria Pires) assume a liderança de um grupo de apoio a compradores compulsivos para ajudar outras pessoas a darem a volta por cima. Começando um novo romance com Otávio (Marcos Pasquim) e toda trabalhada no equilíbrio, parece que nada pode apagar o seu brilho. Mas quando Duda (Maisa), sua única filha e melhor amiga, revela que tem planos de sair de casa, Rita vai precisar aprender a desapegar para não cair na tentação de uma boa promoção.   

  

Elenco principal:   

Rita – Gloria Pires   

Duda – Maisa   

Otávio – Marcos Pasquim   

Guto – Matheus Costa   

Gisélia – Malu Valle   

Rômulo – Wagner Santisteban   

Sylvia – Polly Marinho   

Cibele – Carol Bresolin   

Ficha Técnica:   

Diretor: Hsu Chien   

Roteirista: Leandro Matos   

Colaboração de Roteiro: Gloria Pires, Hsu Chien, Bruna Boeing, Victor Michels, Tiago Lima Cunha   

Produtora: Patrícia Chamon   

Produtor: Marcos Scherer   

Produtora Executiva: Samantha Queiroz   

Diretor de Fotografia: Vinicius Brum   

Diretor de Arte: Zé Luca   

Coordenadora de Arte: Maria França   

Figurinista: Karla Monteiro   

Figurinista Assistente: Luiza Fardin   

Produção: Rubi Produtora   

Coprodução: Bronze Filmes, Audaz Filmes e Telecine   

Distribuição: Imagem Filmes  

HSU CHIEN HSIN | Diretor 

Formou-se em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Começou como assistente de direção em 1996 e, desde então, trabalhou em mais de 80 longas-metragens como assistente de cineastas premiados, entre eles: Daniel Filho, Tizuka Yamasaki, Murilo Salles, Osvaldo Caldeira, Paulo César Saraceni, Rosane Svartman, Guillermo Arriaga e Roberto Santucci. Foi diretor assistente em “Veneza”, de Miguel Falabella, e em “Dois mais dois”, de Marcelo Saback. Dá aula na ABC Cursos de Cinema. Em 2018 e 2022, fez parte da comissão do Oscar para escolha do filme brasileiro que representaria o Brasil no evento. 

Hsu Chien dirigiu oito curtas-metragens, recebendo mais de 20 prêmios em festivais brasileiros e internacionais, com destaque para o prêmio de Melhor Curta de Ficção em 2015 por “Flerte”, no Grande Prêmio da Academia de Cinema Brasileiro, e Melhor Curta no LABRF 2015. “Meu preço”, de 2018, recebeu oito prêmios internacionais. 

Na TV, codirigiu as séries “Sexo e as negas” e “Pé na cova”, na Globo, “Por isso eu sou vingativa”, no Multishow, e “A dona da banca”, no Cine Canal TV Brasil.  

No cinema, dirigiu oito longas até o final de 2022: “Morando com o crush” (2022, Paris Filmes), “Um dia 5 estrelas” (2022, Paris Filmes), “De repente, Miss” (2022, Elo Studios e Sony Pictures), “Desapega!” (2022, Imagem Filmes), “Me tira da mira” (2022, Imagem Filmes), “Sara, Lia e Leia” (2021, Media Bridge), “Quem vai ficar com Mário?” (2021, Warner e Paris Filmes) e “Ninguém entra, ninguém sai” (2019, Imagem Filmes).  

LEANDRO MATOS | Roteirista 

Leandro Matos é um roteirista com mais de 150 créditos em cinema e televisão. Seus últimos projetos foram as séries “Tudo Igual… SQN” e “A Magia de Aruna”, ambas para a Disney Plus, e os longas “Minha Família Perfeita” e “Amor.com”, este último disponível na Netflix. Entre seus projetos futuros estão os longas “Desapega!”, com lançamento em fevereiro de 2023, “O Caso Carlinhos”, que ganhou o edital de desenvolvimento do Fundo Setorial em 2018 e “Vida Nova em Jeri”, em desenvolvimento. 

Leandro imigrou para o Canadá em 2018, e foi aceito na primeira turma de formação de showrunners da BIPOC TV & Film em 2021, onde estudou com Anthony Q. Farrell, roteirista da série “The Office”. Em 2021 também ganhou um edital de desenvolvimento de um longa-metragem pela Telefilm Canada. Em 2022, participou de sua primeira sala de roteiro no país e foi um dos dez escolhidos para um programa de mentoria em produção executiva criativa pela Canada Media Producers Association. Atualmente é coordenador de desenvolvimento da produtora 100 Dragons Media e desenvolve mais de 20 projetos pessoais para o Brasil e Canadá. 

GLORIA PIRES | Protagonista 

Nascida no Rio de Janeiro, a atriz e empresária Glória Pires estreou sua carreira na televisão com apenas quatro anos de idade, durante a reexibição da novela “A Pequena Órfã”, e trabalhou ao lado de seu pai, o ator e humorista Antônio Carlos Pires, no programa “Chico City”. Ao longo de sua carreira, a atriz já protagonizou diversos personagens que marcaram a televisão e o cinema brasileiros. Na Globo atuou em novelas e minisséries como “As Brasileiras”, “Rei do Gado”, “Paraíso Tropical”, “Insensato Coração”, “Babilônia” e “O Outro Lado do Paraíso”. Gloria também já atuou em grandes filmes nacionais, como “Se Eu Fosse Você”, “É Proibido Fumar”, “Linda de Morrer” e “Nise”. Em 2019, voltou às telinhas no remake de “Éramos Seis”, e, em 2022, estrelou o longa “A Suspeita”, de Pedro Peregrino, onde deu vida para a personagem Lúcia, uma comissária da Polícia Civil que sofre de Alzheimer. 

MAISA 

Maisa da Silva Andrade é atriz, apresentadora e empresária. Foi descoberta no programa Raul Gil e logo em seguida foi contratada pelo SBT para apresentar o programa “Sábado Animado”. Com todo seu carisma, foi conquistando a família brasileira no “Programa Silvio Santos” e se tornou a criança mais nova do Brasil apresentando um programa de televisão ao vivo, o “Bom Dia & Cia”. 

Com 17 anos de carreira na comunicação, apresentou seis programas de TV, sendo o talk show “Programa da Maísa” o último antes da saída do SBT. Lançou a série “De Volta Aos 15” para mais de 190 países na Netflix no começo do ano e atualmente está gravando a segunda temporada.  

No cinema, gravou sete filmes, como “Carrossel”, “Tudo Por um Popstar”, “Cinderela Pop” e “Desapega!”, este último com lançamento em 9 de fevereiro de 2023, e dublagens em quatro filmes: “Os Smurfs”, “Masha e o Urso”, “Bugigangue no Espaço” e “O Touro Ferdinando”. 

Maisa deu seu primeiro passo como empreendedora. Ao lado de seu empresário e sócio Guilherme Oliveira ela criou a Mudah, empresa especializada em marketing de influência e campanhas com celebridades.  

MARCOS PASQUIM 

Marcos Pasquim é paulistano, mas há mais de 25 anos mora no Rio de Janeiro. Sua carreira artística começou nos anos 80 e como cantor da boy band “Explosão”, sucesso em 1984. O ofício de ator surgiu após estudar interpretação e figurar no elenco da febre teatral dos anos 90 “Blue Jeans” por duas temporadas. Estreou na Globo em 1995, na novela “Cara e Coroa”. Integrou o elenco de novelas como “Chiquititas” (1998-99), “Uga Uga” (2000), “Cheias de Charme” (2012) e “O Tempo Não Para” (2018), e foi protagonista em “Kubanacan” (2003), “Caras e Bocas” (2009) e “Morde e Assopra” (2011). Ainda na Globo, teve participações especiais no programa “Brava Gente” e nos sitcoms “Sai de Baixo”, “Sob Nova Direção” e “A Diarista”, e fez sua estreia na TV portuguesa RTP com a série “País Irmão” (2017-18). 

Atualmente, o cinema tem sido a vertente cultural mais explorada por Pasquim. Com cinco filmes no currículo, lança em 2023 mais dois longas, “Tração” e “Desapega!”, este último com Glória Pires e Maísa no elenco.  

RUBI PRODUTORA | Produtora 

A Rubi Produtora completou 10 anos em 2022 com muitos projetos nessa trajetória, como “Juntos e Enrolados”, “Desapega!”, “Família Craft”, “#partiufama”, “Enaldinho” e “O Porteiro”. Nosso olhar é para a plural e significativa cultura brasileira. Para 2023 tem muito mais coisa boa vindo: “Cartas para Deus”, “O Rei da Feira”, “Cozinha Maluquinha”, de Ziraldo, e “Islândia”, uma aventura pela ilha mais famosa.  

BRONZE FILMES | Coprodutora 

A Bronze Filmes é uma produtora nacional comprometida com o cinema, que busca inovar a cada produção.  

Em atuação desde 1998, a empresa mistura sua vasta experiência na área com o desejo de ser ainda mais moderna e relevante. Com o objetivo de se tornar referência a nível nacional e conferir força à indústria do entretenimento, trabalhamos para construir uma marca de confiança tanto para o público quanto para os realizadores de cinema no Brasil. Com base nisso, a empresa tem como princípio básico somar à pluralidade cultural brasileira, com produtos de qualidade e que buscam atingir os mais variados públicos, indo dos jovens moviegoers aos cinéfilos mais experientes.  

AUDAZ FILMES | Coprodutora 

A Audaz Filmes foi fundada com o intuito de colocar a serviço do público não apenas conteúdo relacionado aos artistas Gloria Pires e Orlando Morais, mas de aplicar o olhar desses artistas ao produto do audiovisual, celebrando a diversidade brasileira. Seja em formato de ficção ou documental, o nosso objetivo é oferecer uma experiência inspiradora e filosófica, sempre criando diálogos e educando através das vivências mostradas nas telas. 

Dentre as nossas produções destaca-se o filme “Orla Mundo”, premiado como melhor documentário de longa-metragem no Los Angeles Film Festival (LAIFFA) 2019, que teve sua pré-estreia internacional no 21º Festival du Cinéma Brésilien de Paris e nacional no 47º Festival de Gramado, com exibição internacional em diversos festivais na América e Europa e que hoje encontra-se disponível na plataforma da Disney Plus. 

“A Suspeita” é um filme policial estrelado por Gloria Pires, que rendeu o prêmio de Melhor Atriz no 49º Festival de Gramado. O longa também foi exibido no Festival do Rio e hoje encontra-se nas plataformas digitais, dentre elas a Amazon. 

Os próximos lançamentos são os longas-metragens “Desapega!”, com Gloria Pires e Maisa, e o documentário “O Balé Que Você Não Vê”, que conta com roteiro e direção de Gloria Pires. 

TELECINE | Coprodutora 

Com 30 anos de programação dedicada ao cinema, o Telecine possui o maior catálogo de filmes do país, construído a partir de curadoria altamente especializada. O acervo contempla a pluralidade da indústria e reúne clássicos de grandes estúdios, do mercado independente e nacional; além de franquias de sucesso e lançamentos exclusivos. Ao longo dos anos, o Telecine ampliou a sua capilaridade de distribuição, permitindo que o assinante consuma em um só local o catálogo completo de filmes e acompanhe, em simulcasting, os seis canais lineares: Premium, Touch, Action, Pipoca, Cult e Fun. É assim que a marca especialista em cinema promove experiências para o público ter o “Seu Momento Cinema” como, quando e onde quiser.   

IMAGEM FILMES | Distribuidora 

Imagem Filmes é uma empresa nacional que atua no mercado de entretenimento do país como distribuidora de filmes independentes. Comprometida com a qualidade e variedade de produções, a empresa trabalha nos segmentos de cinema e televisão, e é responsável pelo lançamento de grandes produções nacionais, onde destacam-se: “Veneza”, “Ela Disse, Ele Disse”, “Carcereiros: O Filme” e “É Fada!”. Além das produções internacionais, como o premiado “VICE” e sucessos como “Pinóquio”, “Legado Explosivo”, “Rambo: Até o Fim”, “Amizade Maldita” e “Maria e João: O Conto das Bruxas”. 

Créditos- Helena Barreto

Por: Míriam Freitas 

Colunista Social