PUBLICIDADE

celebridades

Durante as gravações de Pantanal, Juliana Paes relata quase acidente com jacaré 

Juliana Paes está escalada para viver Maria Marruá em Pantanal, próxima novela das 9, da Rede Globo. Durante uma entrevista coletiva para promover a trama, a atriz revelou que quase foi mordida por um jacaré durante as gravaçõe

“Tive uma cena para gravar no rio e estava boiando na água, com isso, meus ouvidos estavam submersos e não escutava nada. Só ouvia a movimentação da água. De repente, percebi uma movimentação da equipe. Tinha gente correndo e gesticulando. Quando me dei conta, eles estavam assustados porque um jacaré estava se aproximando”, contou Juliana, com bom humor.

A artista também aproveitou para brincar sobre outras situações que passou durante as gravações. “Acho que esse foi meu maior perrengue. Quase levei uma mordidinha de jacaré (risos). Estar no Pantanal é ter muita história para contar, de situações inusitadas e perrengues. Se vocês estiverem com tempo, posso continuar a manhã inteira falando”, completou a atriz.

Juliana Paes também contou que nem pensou duas vezes em aceitar o convite para participar de Pantanal, que, originalmente, foi produzida em 1990, pela TV Manchete. “Pantanal é uma novela que está no imaginário da minha geração e foi uma honra poder interpretar uma personagem feita por uma atriz que admiro tanto”, pontuou, lembrando da atuação de Cássia Kiss.

Caracterização

Para viver Maria Marruá, Juliana Paes também se preparou de uma maneira especial. Aio invés de tanto se produzir, ela precisou deixar a vaidade de lado. “É gratificante poder abrir mão da vaidade, da estética vigente. Mais que abrir mão disso, vejo beleza nisso. Eu vejo beleza nas olheiras, eu vejo poesia nas marcas do tempo.”

“Primeiro sentei na cadeira da Val, e a gente começou a imaginar como seria o rosto de uma mulher que nunca se protegeu do sol, que nunca usou protetor solar ou chapéu. Melasmas, manchas. Tem também as marcas de expressão, como fazer com que isso ficasse natural? A gente foi pensando nas linhas de expressões marcadas. Nas sobrancelhas que não são feitas. O cabelo branco. O meu cabelo branco natural que ia dando a linha do cabelo dela”, celebrou Juliana.

PUBLICIDADE