PUBLICIDADE

Miriam Freitas

Fabiano Canosa, que completou 80 anos e 60 anos de carreira este ano, será homenageado no Estação Net Rio dia 10/05

Fabiano Canosa
Diretor de festivais, Documentarista, Produtor
Um dos responsáveis, ao lado de Cosme Alves Netto, pela programação do Cine Paissandu entre 1966 e 1970. Em meados dos anos 70 mudou-se para os Estados Unidos, onde passou a programar vários cinemas de Nova York. Carioca nascido em 1942, formado em economia, é um dos curadores do Festival do Rio, curador do Symphony Space de Manhattan e programador do Joseph Papp 's Public Theatre. Foi diretor de programação da Cinemateca do MAM (1965/70), do Cine Arte UFF (1968/70), e do The First Avenue Screening Room de Nova York (1973/75). Foi um dos articuladores das campanhas de lançamento nos EUA de vários filmes brasileiros, como Dona Flor e seus dois maridos (1976), de Bruno Barreto, e Bye bye Brasil (1979), de Carlos Diegues. Fez seu primeiro trabalho como diretor ao lado de Julius Ziz com o documentário Eldorado – Os lituanos no Brasil (2002), sobre a imigração européia no Brasil dos anos 20. Em 2003 desenvolveu projetos de longas-metragens associado à Raccord e à BSB Cinema. Recebeu do governo francês o título de Chevalier des Ordres des Arts et Lettres. Em 2010, foi produtor associado no drama Federal.

Homenagem
O evento é dedicado a Canosa, o animador cultural que vive há décadas em Nova York, divulgando o cinema brasileiro. Fabiano também programou clássicos e liderou a chamada Geração Paissandu no Rio.
Durante a comemoração será apresentado o pocket show do grupo GAZ, o curta inédito sobre Fabiano Canosa, dirigido por Cavi Borges e Bruno Rodrigues, Viva Canosa!,além de uma ceia cinéfila no lobby do Estação.

O grupo GAZ, formado por três senhoras que fazem da cozinha seu cotidiano, fará parte do evento. Formado por Maria das Graças, Ana Pinto e Zenilda Oliveira, com repertório de standards da MPB, o pocket show apresentará canções de Billy Blanco, Zé Keti, Antônio Maria e Caymmi. Nesta estreia, o grupo será acompanhado por Pedro Costa ao violão. A produção é de Cavi Borges, a direção do show é assinada por Jane Celeste, com assistência de Carolina Sanchez, expressão corporal de Maira Mattar e com agradecimentos a Bayard Tonelli.

O evento dia 10 de maio é aberto ao público e começa às 19 horas no Lobby da Estação Net Rio.

Por: Míriam Freitas
Colunista Social