PUBLICIDADE

celebridades

Raiva: especialista explica porque Ana Furtado disse que é bom quebrar coisas ao vivo

Um dos assuntos mais comentados da semana se refere à brincadeira que Ana Furtado fez ao vivo, no comando do programa “É de Casa”, da Rede Globo. A apresentadora fez uma brincadeira que pegou todos de surpresa: quebrou um vaso com toda força ao jogá-lo no chão. Depois da cena, ela ameaçou varrer a sujeira e rindo muito, disse que em novelas isso é normal. Quando a convidada Nicole Bahls confessou estar amedrontada ela respondeu que isso é muito bom porque ela já teve a oportunidade de quebrar uma casa inteira durante uma gravação e que isso faz bem em momentos de raiva. É claro que Ana estava brincando, mas Bahls retrucou falando “Não, não, isso não é bom”. Quem está certa? Ana Furtado!


De acordo com Tami Lòpez, especialista em Programação Neurolinguística da Vertta Desenvolvimento Humano, existe um motivo comprovado que faz com que a gente se sinta bem ao descontar a raiva em algo. “As reações sempre partem de um estado em que a pessoa se encontra, então, a raiva, que é um estado, é composta por um filme mental, uma sensação e um significado. Quebrar algo em um momento de fúria substitui o estado anterior, ou seja, forma um novo filme mental, uma nova sensação e um novo significado. Algumas pessoas quando estão com raiva, meditam, outras ouvem uma música, outras descontam na academia e por aí vai. A diferença é qual significado você dá para aquele momento. Tem gente que grita no travesseiro ou grita sem voz, ou ainda canta bem alto, por exemplo, no meio do trânsito. O benefício é quase imediato, porque saindo do estado anterior, você muda o foco e consequentemente se sente melhor”, explica a especialista.

Dessa forma, você evita um estado considerado negativo prolongado. “Ao usar táticas para mudar de estado, você consegue ressignificar rapidamente o que aconteceu, e a partir daí tem o controle sobre suas emoções, podendo escolher o que sentir. Na verdade, você muda o significado do que houve, se sente bem e foca no resto das coisas que tem a fazer. É claro que não estamos dizendo que a melhor terapia então é sair por aí quebrando coisas, a apresentadora fez uma brincadeira, existem outras maneiras muito mais simples e que não causam “estragos”. Cada um tem uma forma de enfrentar os desafios na vida e na rotina e o segredo está apenas em ressignificar isso”, diz Tami Lòpez. Será que amanhã teremos mais surpresas? Será?

Vídeo: Reprodução You Tube

 

PUBLICIDADE