PUBLICIDADE

1.0 - FAMOSOS

Briga entre Anavitória e Tiago Iorc se torna pública

A música “Trevo” tem sido o motivo da discórdia entre a dupla Anavitória e Tiago Iorc. O motivo do distanciamento entre eles foi exposto durante a live pelo Dia dos Namorados feito pela dupla, onde as cantoras revelaram o motivo da briga: elas foram impedidas de regravar a música .

“A música que a gente vai cantar agora é muito especial para nossa carreira. Eu escrevi ela em 2015 e convidei um amigo para escrever comigo. Esse amigo escreveu, me deu um refrão lindo, que a gente ama muito e vocês conhecem bem. Essa música chegou para vocês de um jeito muito massa. Foi um momento muito lindo em nossa carreira e poderoso, porque abriu muitas portas”, disse Ana, sem citar Iorc, mas nem precisava porque está nos créditos.

Enfim, nessa semana a gente recebeu uma notícia estranha e triste de que esse autor está impedindo de regravar a nossa música. A gente tem um projeto pra lançar e essa pessoa impediu a gente de regravar essa música. Eu só queria falar que o meu entendimento de arte é muito para as pessoas. No momento que ela passa por mim e vai pro mundo, ela não é mais minha, ela é do mundo. Me dói muito isso acontecer […] Eu espero que essa música nunca seja interrompida, eu espero que essa pessoa receba essa mensagem, porque é com todo o meu coração e todo meu amor”, completou.

OUTRO LADO
O cantor Tiago Iorc gravou um vídeo em suas redes sociais dando a sua versão sobre o assunto. Além de criticar o escritório que gerencia a carreira da dupla, Iorc disse que esse assunto não era algo para ser exposto dessa forma. “Isso deveria ser um assunto privado e eu me sinto extremamente desconfortável em ter que me manifestar publicamente em relação a isso, principalmente nesse momento tão delicado que estamos vivendo”, declarou.

O cantor definiu como uma atitude impensada e disse: “você, realmente, da missa não sabe a metade”. E acusou o escritório a sabotagem do seu trabalho. Ele ainda falou sobre os direitos autorais. “Eu não tenho o intuito de prejudicar vocês e nem a música. Muita coisa precisa ser esclarecida ao escritório de vocês”. E finalizou: “As coisas vão ficar entendidas, frente a realidade de tudo que está acontecendo, e respeitando o direito de todo mundo”.

PUBLICIDADE