PUBLICIDADE

zapping

Chocolate ajuda a melhorar a memória

Mais uma semana inicia e a retomada da dieta é um pensamento comum para algumas pessoas. Logo o chocolate é excluído da rotina, porém, saiba que a ciência indica o consumo dessa gostosura para melhorar a memória.

Os pesquisadores da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, convidaram 37 pessoas entre 50 e 69 anos para ingerir uma quantidade diária de um dos componentes do cacau, o flavanol durante três meses.

Os participantes foram divididos para um processo meio a meio. Metade recebeu uma concentração grande (900mg de flavanol), já a outra turma ganhou uma dose menor (10 mg). O grupo que ingeriu a maior quantidade de flavanol teve um melhor desenvolvimento em testes de memória.

“Se um participante tinha uma memória típica de alguém de 60 anos no começo do estudo, depois dos três meses, aquela pessoa conseguia alcançar a memória de um adulto de 30 ou 40 anos”, explica Scott Small, um dos autores da pesquisa.

Mas, a não tão boa notícia é que uma barra normal de chocolate não tem uma quantidade tão grande assim do componente, mas ingerir de pouco em pouco pode ajudar.