PUBLICIDADE

1.0 - FAMOSOS

No meio da quarentena, casamento em igreja de luxo termina com gritos e protestos na Bahia

Um casamento que aconteceu na Paróquia da Vitória, em Salvador, no sábado (23), foi recebido com protesto por parte de moradores da vizinhança, que ‘assistiram‘ a cerimônia de suas casas, em quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus. Os noivos foram acusados de irresponsáveis por incentivarem uma aglomeração de pessoas sem o uso de máscaras para se protegerem do vírus.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram protestos de moradores. “Que vergonha! 20 mil mortes! Irresponsáveis todos vocês”, diz uma mulher, citando o número aproximado de vítimas da Covid-19 no Brasil até agora. Amiga do casal, a mulher que faz a filmagem demonstra ignorância sobre a situação no país e pergunta: “20 mil onde?”.

Aqui o vídeo do casamento realizado hoje na Paróquia da Nossa Senhora da Vitória, bairro de classe média alta de Salvador, sob gritos da vizinhança

Nunca duvidei do egoísmo humano. Na pandemia, ele tem se manifestado como nunca. Qual a necessidade de se fazer um casamento, gente? E que igreja é essa?

A Paróquia Nossa Senhora da Vitória foi notificada sobre a falta de uso de máscaras, que contraria as orientações da prefeitura da cidade. Além disso, as imagens mostram que havia menos de 30 pessoas na igreja durante a celebração, sem grande distanciamento entre si.

Eventos de natureza religiosa com até 50 pessoas, incluindo cultos, missas e casamentos não são considerados eventos licenciados, que precisem de autorização da prefeitura. De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), portanto, as celebrações nas igrejas podem continuar, contanto que respeitem a quantidade máxima de pessoas e orientações de distanciamento.

© Kauê Vieira

A Paróquia Nossa Senhora da Vitória divulgou nota afirmando que os noivos e a empresa que cuidou do cerimonial foram alertados da “obrigatoriedade do uso de máscaras, do limite de pessoas e do distanciamento exigido”. Diz ainda que “infelizmente o que foi acordado não foi cumprido” e lamenta, reforçando que que tem comprometimento com as orientações sanitárias em todas as atividades que lá ocorrem.

Por: Hypeness

PUBLICIDADE