PUBLICIDADE

motivacionaltecnologia

App de paquera com pegada feminista chega ao Brasil

Uma das fundadoras do Tinder, Whitney Wolfe, deixou o aplicativo após sofrer assédio sexual por parte do seu sócio. Agora, a empresária deu seu primeiro passo para criar algo com uma proposta diferente: um app de paquera em que as mulheres dêem o primeiro passo na conversa. O Bumble já vem fazendo sucesso entre as americanas no últimos meses e agora chegou oficialmente ao Brasil.

App feminista: Em entrevista a coluna Direto da Fonte, da jornalista Sonia Racy, Whitney definiu seu novo produto como “um aplicativo feminista. “Whitney diz que nos relacionamentos heterossexuais o poder é quase sempre do homem e que, com este novo aplicativo, ela gostaria de dar uma força para as mulheres mudarem esse quadro. “No Bumble, por ter a mulher dando o primeiro passo, o homem não sente rejeição ou agressão. Muito pelo contrário, ele se sente lisonjeado. Essa pequena mudança faz toda a diferença.”

Whitney_Wolfe

PUBLICIDADE