PUBLICIDADE

tendência

Mês das noivas: Designer de joias Bibiana Paranhos indica tipos de joias para diferentes tipos de cerimônia

Segundo a especialista, a joia precisa ornar, em especial, com o vestido escolhido pela noiva para o grande dia

 

Nos preparativos de uma cerimônia de casamento, o look da noiva é uma das partes principais. Depois do vestido, sapato, penteado e maquiagem, as joias surgem como a cereja do bolo de uma das produções mais marcantes na vida de uma mulher.

Devido à pandemia do coronavírus, os casamentos tiveram que se adequar a uma nova realidade. Por conta dessas mudanças, o número de convidados foi reduzido e a preferência é pelos eventos ao ar livre. A renomada designer de joias Bibiana Paranhos é especializada em fazer joias para noivas e explica que a peça perfeita varia bastante de casamento para casamento.

“A noiva que opta por usar uma joia vai usar a mesma para uma cerimônia grande ou pequena porque o efeito da peça no look dela independe da quantidade de convidados ou da proposta da festa”, afirma a profissional.

Bibiana, que já desenhou joias exclusivas para famosas como Giovanna Ewbank, Deborah Secco, Eliana e Adriane Galisteu, revela o que mais a encanta em trabalhar para esse público. “Fazer joias para noivas me faz feliz. Saber que aquela pessoa está vivendo um momento especial, único na sua vida, e que eu vou fazer parte disso é recompensador”, celebra.

Uma das tendências adotadas com a pandemia foram os sequel wedding, que são pequenas celebrações com cada círculo social dos noivos. Uma cerimônia religiosa para a família, jantar com amigos e colegas de trabalho e festa para os mais próximos são alguns dos exemplos. A especialista aponta como a noiva tem se comportado nesse novo momento ao escolher a joia ideal.

“Como a noiva está gastando menos com a festa, ela costuma investir mais no look. É um panorama positivo. Mas lógico, é preciso ter um certo discernimento para que tudo seja harmônico, seja na escolha do vestido ou da cerimônia”, indica. Um dos segredos é combinar a joia com o vestido, arrematando um look super marcante.

“O vestido geralmente dá o parâmetro da decisão da joalheria. Se o vestido for mais simples, a joia também precisa ter esse toque singelo. Se o vestido estiver na tonalidade de off white, as pérolas podem ser em tom de chá, combinando na paleta de cores. O comprimento desse vestido, a riqueza ou não de seus bordados, o tipo de busto, o tamanho do decote… cada fator é determinante”, garante.

A especialista aponta quais joias condizem com cada estilo de casamento.

“O casamento clássico requer joias mais imponentes e extravagantes, como pérolas grandes, com detalhes de brilhantes na parte da orelha. Já nas cerimônias mais modernas, vale apostar em modelos com linhas retas e que tenham um ar de criação única”, descreve.

Os casamentos românticos, na praia e no campo também são populares. Para eles, Bibiana traz outras dicas.

“O casório romântico demanda peças delicadas, com estilo provençal, às vezes art nouveau. Eles aparecem em formato de folhas e pérolas, nos tons de rosa ou azul. O casamento praiano, por sua vez, envolve elementos encontrados naquele contexto marítimo: conchas, madrepérolas, águas-marinhas e turquesas. No campo, sempre sugiro ouro amarelo, tons ocre e joias com pouco brilho. Pérolas em tons de verde-musgo ficam lindas, assim como furta-cor e âmbar também são ótimas opções.”

PUBLICIDADE