PUBLICIDADE

deu babado

Pandemia: Depois de cancelar Carnaval, Rock in Rio deve ser adiado

O Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou o cancelamento do Carnaval, que já estava adiado para julho. Outro grande evento programado para a cidade, o Rock in Rio, está marcado para dois meses depois.

Segundo o portal POPline, esse deve ser outro evento a ser cancelado. De acordo com a matéria, os organizadores do festival entenderam que o melhor caminho é não continuar anunciando atrações como se nada estivesse acontecendo. O anúncio do adiamento da próxima edição deve ser feito nos próximos dias – tanto para a edição portuguesa quanto para a edição brasileira.

Em setembro do ano passado, a organização do Rock in Rio oficializou as datas da próxima edição brasileira para 24, 25, 26 e 30 de setembro e 1, 2 e 3 de outubro de 2021. A produção estava confiante na iminência da vacinação em massa da população brasileira contra a Covid-19 – o que se revelou mais difícil. O cronograma do governo federal prevê que a totalidade do povo brasileiro só estará vacinada contra o coronavírus em meados de 2022.

Em meio as notícias atuais, pensar em um festival de grande porte como o Rock in Rio é impraticável. O evento recebe cerca de 100 mil pessoas por dia. Para a próxima edição, já estava com shows confirmados de Iron Maiden, Dream Theater, Megadeth, Sepultura e Orquestra Sinfônica Brasileira. Para a edição portuguesa, Ivete Sangalo e Anitta também já estavam confirmadas.

A matéria afirma que os organizadores não querem anunciar o cancelamento do festival na última hora, porque isso causaria mais transtornos. O público costuma viajar de todo o Brasil para assistir aos shows, e já estaria com passagens e hospedagens pagos. A produção está buscando a melhor solução no momento.

Uma alternativa seria uma edição virtual do evento. Segundo o portal, a assessoria do evento foi procurada e confirmou as datas oficiais.

Por: Istoé

PUBLICIDADE